Agente federais lotados na delegacia de Epitaciolândia também aderiram - Foto: Alexandre Lima
Agente federais lotados na delegacia de Epitaciolândia também aderiram – Foto: Alexandre Lima

Da redação, com Assessoria

Agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal de todo o país vão fazer paralisação a partir desta terça-feira (11), informou nesta segunda a Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).

A entidade prevê que a greve vai durar três dias. De acordo com a Fenapef, serviços alfandegários e de emissão de passaportes nos aeroportos serão mantidos porque 30% dos servidores vão trabalhar, segundo a federação, as grandes investigações contra a corrupção estarão paralisadas.

A Fenapef informou que, na quarta (12), são esperados servidores de todas as regionais da Polícia Federal para uma manifestação em Brasília. Os servidores devem percorrer a Esplanada dos Ministérios e se concentrar em frente ao Ministério da Justiça.

Em Porto Velho, os policiais estarão fazendo manifestações no Aeroporto Internacional Jorge Teixeira, nossa capital é a única do Brasil que não possui Agentes Federais para garantir a segurança dos cidadãos rondonienses. Na quarta-feira (12) dando continuidade a greve os Federais estarão fazendo a transferência dos títulos eleitorais para nossa cidade, tal fato ocorrerá, pois vários policiais não são do nosso estado, o slogan será “ Agentes Federais valorizados e o voto consciente são as principais armas contra a corrupção”.

De acordo com a Fenapef, as principais motivações da greve são reestruturação da carreira com reajustes salariais, lei que defina as atribuições da carreira e a luta contra o sucateamento do órgão, a contratação de novos servidores e a indicação por critérios políticos de servidores sem experiência operacional para trabalhar no planejamento e coordenação da Copa 2014. A Fenapef quer a substituição desses profissionais por outros mais experientes na carreira.

Comentários