Conecte-se conosco

Geral

Plano de Recuperação Verde é lançado durante Fórum de Governadores da Amazônia Legal

Publicado

em

O 23° Fórum de Governadores da Amazônia Legal foi marcada pelo lançamento do Plano de Recuperação Verde (PRV). Realizado por meio de videoconferência, nesta sexta-feira, 16, a reunião contou com a participação do governador Gladson Cameli e dos demais gestores dos estados, que integram a região.

Reunião contou com a participação do governador Gladson Cameli e dos demais gestores dos estados, que integram a região Fotos: Diego Gurgel/Secom

O plano consiste em uma estratégia de transição para uma economia verde na Amazônia, que tem como principal objetivo a redução da desigualdade social, baseado na geração de emprego e renda, e o crescimento econômico sustentável. De iniciativa do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal, o PRV conta com a colaboração de entidades nacionais e internacionais, organizações da sociedade civil e comunidades locais.

Formada por nove unidades da federação, a Amazônia Legal ocupa mais da metade do território brasileiro, possui 80% da cobertura vegetal nativa preservada e é habitada por 29,3 milhões de habitantes. Entre os pontos levantados pelo plano está o fim do desmatamento ilegal até 2030; combate às desigualdades de renda, raça, gênero e de acesso a serviços e infraestrutura básica; geração de empregos na floresta, áreas rurais e centros urbanos; e transição para uma nova economia verde com maior sofisticação tecnológica e potencial exportador.

“O lançamento do PRV é um momento histórico, porque posiciona a Amazônia para a comunidade brasileira e internacional. Isso demonstra que os estados amazônicos estão unidos e têm propostas no enfrentamento aos problemas, que são comuns entre nós. Acredito muito no sucesso do plano e, com muito trabalho, vamos alcançar as metas estabelecidas”, pontuou o governador do Amapá, Waldez Góes.

Em sua fala, o governador acreano destacou a necessidade de buscar alternativas econômicas sustentáveis para o desenvolvimento da Amazônia, principalmente, para a sua população. “Quase 30 milhões de brasileiros moram aqui, essas pessoas precisam de emprego e renda para quem possam ter uma vida de qualidade. Somos defensores do meio ambiente, mas também precisamos encontrar soluções para o crescimento da nossa região, assim como ocorrer em outros lugares do país”, enfatizou.

O governador acreano destacou a necessidade de buscar alternativas econômicas sustentáveis para o desenvolvimento da Amazônia, principalmente, para a sua população Fotos: Diego Gurgel/Secom


Na mesma reunião, os governadores aproveitaram para discutir a estratégia de participação do Consórcio da Amazônia Legal na Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 26), que será realizada em novembro, no Reino Unido, e da COP da Biodiversidade, programa para outubro, na China. Os eventos são considerados os mais importantes na discussão de questões climáticas, contando com a participação dos principais líderes mundiais.

Comentários

Geral

Gabinete Itinerante da senadora Mailza percorre  o Alto Acre nesta semana 

Publicado

em

Assis Brasil será o primeiro município do Alto Acre a receber o projeto da parlamentar nesta segunda-feira, 6

Com o objetivo de promover a participação da comunidade em seu mandato, a senadora Mailza (Progressistas-AC) realiza nesta semana o projeto Gabinete Itinerante pelos municípios do Alto Acre: Brasiléia, Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri.

Nesta segunda-feira, 6, a equipe desembarca em Assis Brasil, que faz divisa com o Peru.  Na terça-feira, 7, o Gabinete Itinerante estará em Brasiléia, quarta-feira, 8, em Epitaciolandia e na quinta-feira, 9, segue viagem para Xapuri, onde encerra as atividades pelo Alto Acre.

A van vai percorrer os municípios da região, sempre com uma equipe pronta para ouvir a população, prestando contas das ações da parlamentar no Senado Federal, conversando com os prefeitos, e assim contribuir para o desenvolvimento dos municípios do Acre.

“Essa foi uma ideia que tivemos para deixar nosso mandato mais próximo das pessoas. Já fizemos Manoel Urbano, Feijó, Tarauacá e todos os municípios do Juruá. Depois dessa semana, planejaremos a capital Rio Branco e todas cidades perto. Vamos rodar todo o Estado. É tendo esse contato direto com a sociedade que iremos construir um mandato mais popular, com propostas advindas da população”, finalizou  a parlamentar.

Comentários

Continue lendo

Geral

Petecão anuncia que vai se afastar do Senado em junho de 2022 para se dedicar à candidatura de governador: “Vamos botar para moer”

Publicado

em

Durante evento do PSD Mulher no Senac em Cruzeiro do Sul neste sábado (4), Sérgio Petecão anunciou que vai se afastar do mandato de senador em junho de 2022 para se dedicar à campanha de governador. A ex-deputada Maria das Vitórias, suplente de Petecão, assume o mandato.

Empolgado com o grande número de pessoas no evento do partido presidido por ele, Petecão disse ao Notícias da Hora que terá três meses para se dedicar integralmente à campanha rumo ao Palácio Rio Branco e brincou: “Vamos botar para moer”.

Comentários

Continue lendo

Geral

Municípios do Acre devem enviar Declaração de Contas Anuais até 30 de abril

Publicado

em

Moeda Nacional, Real, Dinheiro, notas de real

A Declaração de Contas Anuais (DCA) deve ser enviada pelas prefeituras do Acre e por todos os municípios brasileiros até o dia 30 de abril de cada ano. O prazo – previsto na portaria da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) 1.168, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 29 de novembro – não sofreu alteração acerca do que já estabelecia outra resolução.

A normativa, no entanto, reduziu o prazo antes previsto para o envio por Estados e Distrito Federal.

A Declaração de Contas Anuais foi criada com o objetivo de atender a Lei de Responsabilidade Fiscal e possui informações contábeis e orçamentárias de todos os poderes e órgãos do Município. Importante destacar que o formato e a estrutura da DCA para o ano de 2022 seguem as regras estabelecidas na 9ª Edição do Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público (MCASP), vigente no exercício a que se referem os dados.

A portaria 1.168 considerou a necessidade de estabelecer a periodicidade, o formato e o sistema para que a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios disponibilizem suas informações e dados contábeis, orçamentários e fiscais. De acordo com a publicação, esses devem ser divulgados em meio eletrônico de amplo acesso público.

Comentários

Continue lendo

Em alta