Veículo foi apreendido e levado para o pátio da PM.

Uma denuncia feita ao 10º Batalhão do Alto Acre na cidade de Brasiléia pelo 190 (Emergência), fez com que uma guarnição se deslocasse para a avenida Manoel Marinho Montes, próximo ao cemitério municipal, onde um veículo modelo VW/Saveiro, placas estaria NAE 7671, estaria perturbando com som muito alto.

Carro foi perseguido e detido quando tentava entrar em casa.

Quando a viatura chegou no local, o condutor entrou no veículo e saiu em disparada, sendo necessário realizar uma perseguição pela cidade. Depois de alguns minutos, quando tentavam entrar em casa, foram abordados pelos policiais.

Os nomes não foram divulgados por questão de segurança. Segundo o B.O., o motorista ao sair do veículo, foi observado que o mesmo estaria em visível estado de embriagues e que o carona, seria sua companheira.

Foi realizado uma vistoria dentro do veículo e foi encontrado um revolver calibre 38 municiado, além de uma grande quantia em dinheiro, cerca de R$ 52 mil reais e pouco mais B$ 2.600 bolivianos. O mesmo teria dito que a quantia seria resultado do faturamento da venda de sua empresa e a arma seria para sua defesa.

Aram e mais de R$ 50 mil reais foram encontrados dentro do veículo.

O motorista foi detido e levado para a delegacia de Brasiléia, onde iria conversar com o delegado plantonista sobre o dinheiro, perturbação da ordem e a arma. O veículo foi levado para o pátio da PM e depois ser entregue ao Ciretran para os procedimentos cabíveis.

ÚLTIMA HORA

Segundo foi relatado, o condutor do veículo foi penalizado na perca do som pelo Juiz da Comarca, além de pagar multa de R$ 15 mil para responder em liberdade, multas por tentar fugir de abordagem policial, dirigir embriagado e porte ilegal de arma de fogo.

Veja vídeo reportagem com Almir Andrade abaixo.

 

Comentários