Era por volta das 2 horas da madrugada deste sábado, quando cinco indivíduos armados de revolveres e escopeta, renderam funcionários de uma fábrica de alumínio localizado na cidade de Cobija, lado boliviano.

A ação dos bandidos, rendeu cerca de 36 mil bolivianos e 5 mil reais, e em seguida, fugiram para o lado brasileiro de Brasiléia. As autoridades dos dois lados foram acionados e o Núcleo Integrado de Inteligência de Fronteira, juntamente com o Grupo de intervenção Rápida e Ostensiva (GIRO). Iniciaram as buscas dos envolvidos no assalto.

Foi quando localizaram primeiramente, Willian Afonso de Oliveira (31), que estava uma das armas usadas, um revolver calibre 38 e parte do dinheiro. A partir daí, foram localizados; Ramon Lira dos Santos (19), no Bairro Alberto Castro e Maikeline Braga (20). Logo em seguida, quatro menores foram identificados e apreendidos com parte do dinheiro, drogas e munição da escopeta usada no crime.

Jeferson fez uma foto hora antes de realizarem o assalto. Erasmo (camisa vermelha) está sendo procurado. Willian (camisa preta) juntamente com o menor foram presos.

Segundo foi informado, Jeferson Silva do Nascimento, de 18 anos, foi preso no lado boliviano, onde se encontra à disposição das autoridades daquele país. Erasmo Vieira de Azevedo Filho, está foragido e teria participação no arrombamento do Banco do Brasil ocorrido em Brasiléia em agosto passado.

Jeferson, que foi preso no lado boliviano, aparece em outra foto portando pistolas e uma espingarda.

Horas antes do assalto, os suspeitos ainda fizeram uma foto (Self) já no lado boliviano mostrando a ponte Wilson Pinheiro, que liga as cidade de Brasiléia e Cobija. O jovem que bate a foto, foi preso no lado boliviano ainda aparece em uma imagem portando duas pistolas e uma espingarda de grosso calibre.

Erasmo, que está de camisa vermelha, aparece no vídeo de segurança é investigado no arrombamento do Banco do Brasil ocorrido em agosto passado.

Após a detenção dos menores e dos maiores, foi possível localizar a escopeta calibre 28, usada no assalto. Imagens de segurança mostra a ação dos bandidos até o momento que todos fogem em motos após o crime.

Ramon, Willian e Maikeline Braga foram detidos pelo envolvimento no assalto no lado boliviano.

Foi informado que o rateio do dinheiro foi seguido da seguinte forma; metade foi dividido entre os que realizaram o assalto e os que agiram indiretamente. A outra metade seria depositada em uma conta da facção que está sendo investigada pelas autoridades.

Aos trabalhos ainda estão em andamento. Mais informações a qualquer momento.

Comentários