De acordo com informações da polícia, Lázaro teria estuprado uma menina de 10 anos de idade, que seria filha do patrão dele.

Acusado foi preso por homens da Polícia Civil/Foto: Agência ContilNet
Acusado foi preso por homens da Polícia Civil/Foto: Agência ContilNet

Agentes do Grupo Especial de Capturas da Polícia Civil (GECAPC) prenderam Lázaro Gomes de Araújo, 58 anos, condenado a mais de 15 anos por crime de estupro de vulnerável ocorrido em 2010, na Vila Campinas, distante cerca de 60 kms de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, Lázaro teria estuprado uma menina de 10 anos de idade, que seria filha do patrão dele.

Após o crime, ele fugiu e somente veio a ser capturado na manhã desta quarta-feira. O acusado foi encontrado no quilometro 50 da estrada Transacreana, onde estaria morando.

Segundo o coordenador do Grupo Capturas, agente Benício Araújo, a prisão de Lázaro era uma questão de honra para os policiais.

Araújo conta que foi difícil realizar esta captura, pois a região onde se mantinha escondido após o crime é de difícil acesso, além da dificuldade para conseguir informações, já que a própria comunidade temia represálias.

Comentários