Momento após Moisés ser detido com drogas que seriam entregues aos ‘clientes’.

Um trabalho realizado pelos agentes da delegacia de Epitaciolândia, resultou na prisão de um jovem que vinha realizando um serviço de ‘disk entrega’ de entorpecentes pela fronteira. A denuncia foi feita anonimamente que passou a ser investigada até o desfecho neste final de semana.

Segundo foi apurado, o acusado identificado como Moisés Lemoel Souza (18), resolveu que deveria ganhar a vida de forma ilegal, comercializando drogas pela fronteira. Para ganhar clientes, resolveu criar o serviço de fidelização, utilizando uma moto para entregar de maneira rápida o produto pedido.

Várias rondas foram realizadas pelos policiais até ser montado uma campana nas proximidades da ponte que liga Epitaciolândia à Cobija, lado boliviano, por saberem que teria ido buscar drogas.

Moto em que estava Moisés quando foi detido pelos agentes civis.

Após montarem a campana nas proximidades do acesso ao bairro José Hassem, perceberam que havia dois ‘clientes’ que fugiram ao perceberem a chegada dos agentes e não tiveram tempo de avisar Moisés.

Logo em seguida, o acusado chegou e ao perceber os policiais, ainda tentou fugir, mas foi cercado e rendido. Com ele, havia oito ‘cabeças’ de maconha que seriam entregues aos clientes que fugiram.

O mesmo recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia, onde foi ouvido pelo delegado e feito o flagrante. Moisés está a disposição da Justiça para os procedimentos de praxe.

Comentários