Principal acusado do crime foi preso nesta manhã enquanto estava em sua casa

Da redação

Polícia Civil do município de Xapuri, concluiu a Investigação na manhã desta terça-feira, 30, com a prisão Adailton Oliveira Lopes (21), que estava escondido numa casa no Bairro Pantanal. De acordo com investigação Adailton é o principal envolvido na morte do pedreiro Almir de Moura Filho, ocorrido na madrugada do dia 3 de setembro do ano de 2017.

Toda investigação foi autorizada pelo delegado titular de Xapuri, Alex Danny, que concluiu o Inquérito Policial em quatro meses de investigação, com o envolvimento de 17 pessoas na morte do pedreiro.

Toda a investigação e operação para cumprir as ordens judiciais contra os acusados, foi coordenada pelo inspetor e investigador Eurico Feitosa. De acordo com a investigação, 17 pessoas participaram do linchamento que terminou com a morte de Almir, sendo que 7 são menores de idade. Das 17 pessoas envolvidas, 16 já se encontra a disposição da justiça, sendo que uma mulher que também pertence ao grupo se encontra foragida.

Segundo foi levantado, o delegado Alex Danny e o Inspetor Eurico Feitosa, durante as investigações e operações policiais, contaram com a poio dos demais integrantes da equipe, sendo os investigadores Aurimar Farias, Eliane Andrade, Marcelo Moreira, Márcio André, Milena Barros e Edinaldo Siqueira.

Durante as investigações, no dia 17 até a data de hoje, outras pessoas também foram presas e apreendidos.

ULTIMA HORA: A mulher que estava foragida citada acima, foi localizada e se encontra presa no presídio feminino na Capital Acreana.

Venício Daniel, foi preso no dia 17 de janeiro desse ano no bairro Sibéria.

Matéria relacionada:

Polícia Civil de Xapuri elucida crime e 12 pessoas envolvidas são identificadas

Comentários