Alexandre Lima

Agentes da Policia Civil lotados na delegacia do município de Epitaciolândia, distante cerca de 240km da Capital, Rio Branco, na fronteira com a Bolívia, conseguiram através de investigações, descobrir uma possível rota de contrabando de roupas vindas de países asiáticos, passando pela Bolívia e entrando no Brasil pelo Acre.

O trabalho coordenado pelo agente Marcos e demais policiais, conseguiram descobrir que um taxista, poderia estar passando para o lado brasileiro, uma grande carga que levantou suspeitas. Com informações, montaram uma barreira na BR 317, rumo à capital e pararam uma carreta.

contrabando-roupas_-36

O motorista, identificado como José Jerônimo dos Santos (40), estava com destino ao estado vizinho de Rondônia, quando foi abordado pelo policiais na BR 317, cerca de 40km da cidade, com cerca de 12 pacotes na carroceria. Este foi conduzido à delegacia e se defendeu dizendo que estaria levando a carga como favor para um conhecido.

Pelo modo em que estavam embaladas, se suspeitava que poderia ser uma grande carga de produtos provenientes de outros países, caracterizando descaminho (contrabando) sem a devida passagem pela Receita Federal, ou entorpecentes, constituindo tráfico internacional de drogas.

Após conversar com o motorista, souberam que havia outros pacotes em suas residência, totalizando quase 20. Após serem abertos, foi descoberto que havia bonés, camisas, calças e cuecas, somando mais de 2000 peças que estariam entrando no Brasil de forma ilegal.

O motorista foi ouvido e liberado para deverá se apresentar futuramente e responderá administrativamente pelo delito. O veículo retido será restituído ao proprietário em breve e o caso será conduzido ao juizado local para as devidas providencias.

Toda a carga que ainda está sendo avaliada, será dada a perca total, podendo ser incinerada a qualquer momento.

Veja vídeos.

contrabando-roupas_-42 contrabando-roupas_-4

Comentários