Francisco (e) e Donis poderão ser transferidos para o presídio na Capital nas próximas horas - Foto: Alexandre Lima
Francisco (e) e Donis poderão ser transferidos para o presídio na Capital nas próximas horas – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Ainda dando continuidade na ‘Operação Enafron’ na fronteira do Acre, precisamente nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia, o delegado Cristiano Bastos munido de mandatos de prisão emitidos para deter pessoas com débito junto à Justiça acreana.

Desta vez, dois homens beneficiados com liberdade provisória e deveriam prestar conta de seus paradeiros mensalmente nas delegacias designadas pelo Juiz. Caso não assinassem o livro, corriam o risco de serem considerados foragidos, quebrando os beneficio e deveriam cumprir as penas impostas.

Donis Sansão de Lima (25), foi preso pelo delito de receptação. Francisco de Assis Pires Gomes (38), pelo crime de porte ilegal de arma de fogo e ambos deverão cumprir a pena de três anos e seis meses no presídio estadual na Capital.

Os dois foram detidos quando andavam tranquilamente pelas ruas de Brasiléia na tarde desta terça-feira, dia 28. Outros mandatos estão sendo cumpridos nas próximas horas nas duas cidades, onde pessoas que débito perante a Justiça, deverão prestar contas.

Matéria relacionada: Sem noção: Dupla bebem todas, resolvem que rua é deles e cortam pneus de carro no facão

Delegado de Brasiléia, Cristiano Bastos, felz a leitura do mandato de prisão aos dois detidos - Foto: Alexandre Lima
Delegado de Brasiléia, Cristiano Bastos, fez a leitura do mandato de prisão aos dois detidos – Foto: Alexandre Lima

 

Comentários