As investigações indicam que a operação foi um duro golpe no tráfico internacional de drogas

Foto: Marcello Casal jr / Arquivo Agência Brasil
Com Contilnet

A Polícia Federal no Acre (PF/AC) deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira(26), a ‘Operação Peterbilt’, com o objetivo de desarticular uma organização criminosa que atuava no tráfico de drogas.

Ao total, foram cumpridos mais de 15 mandados, dentre os quais cinco prisões preventivas e 11 buscas e apreensões nos estados do Acre, Maranhão e São Paulo. A investigação está sendo feita pela Delegacia de Repressão de Entorpecentes da PF (DRE/AC).

O nome da Operação é inspirado na fabricante de caminhões Americana. A empresa Peterbilt revolucionou o conceito de transportes e serviu de analogia para demonstrar o refinamento de atos criminosos dos investigados, que se valeram de diversos ardis e complexo sistema de logística para eetuar o tráfico de entorpecentes por entre os estados Brasileiros.

As investigações indicam que a operação foi um duro golpe no tráfico internacional de drogas, já que os elementos colhidos no inquérito dão mostras de que a organização teria operacionalidade de transporte de centenas de quilos de entorpecentes, em especial a cocaína na forma pura, que nestas condições, o quilo da droga pode chegar a R$ 25.000 (vinte cinco mil reais).

___________________

Durante as investigações, a polícia conseguiu apreender quase R$ 300.000,00 (trezentos mil reais) em drogas pertencentes ao bando.

___________________

No total, foram quase 2 anos de investigação e o cumprimento de mandados na data de hoje envolve mais de 60 policiais federais em três estados.

Comentários