48112973Da redação, com Ray Melo

Os deputados estaduais Eduardo Farias (PCdoB) e Manoel Moraes (PSDB) foram vaiados pelos manifestantes da Policia Civil do Acre, durante pronunciamento na manhã desta terça-feira (4), na Aleac. Os policiais civis chamaram os parlamentares governistas de “pau mandado” do governo do Acre.

O comunista e o socialista exaltaram os feitos da administração de Sebastião Viana (PT), enquanto os manifestantes, em coro, chamavam os governistas de “puxa-saco”. A manifestação perdurou durante toda a sessão solene de leitura da mensagem governamental, que apresentou as realizações do governo petista.

Os policiais civis alegam que a categoria está com salários defasados, promoções atrasadas, data-base descumprida e efetivo insuficiente. Segundo eles, a Polícia Civil do Acre está à beira de um colapso, provocado pela intransigência dos gestores do governo do Acre.

Comentários