Prisões ocorreram em resposta às ações de vândalos ocorridas em Tarauacá (Divulgação PC)
Prisões ocorreram em resposta às ações de vândalos ocorridas em Tarauacá (Divulgação PC)

Pedro Paulo

Na cidade de Tarauacá, a 409 quilômetros de Rio Branco, seis pessoas foram presas em flagrante, nesta quarta-feira, suspeitas de envolvimento nos incêndios de três carros. Entre os indiciados, constam uma mulher e um adolescente de 17 anos, além de outros quatro adultos que seriam ligados ao tráfico de drogas na região. Grupo vai responder por tráfico de drogas, incêndio e formação de quadrilha.

De acordo com o delegado de Polícia Civil, José Obetânio dos Santos, os criminosos agiram no início da semana incendiando carros no centro da cidade, com a finalidade de promover medo na sociedade. Tudo começou a partir da prisão dos traficantes Igor Eduardo Mendes e Antônio Francisco Amorim do Espírito Santo.

Igor e Antônio são acusados de chefiar uma rede de tráfico de entorpecentes no município, “herdeiros de crime” do também traficante Francisco do Espírito Santo, que está recolhido ao presídio de segurança máxima Antônio Amaro, na capital.

As prisões se deram durante ação conjunta e continuada das polícias Civil e Militar, desde o momento em que a paz social foi ruída em Tarauacá pela ação criminosa de um grupo ligado Igor. Durante as investigações, a polícia prendeu também Ezaquiel Freire de Abreu, condenado por homicídio, que seria braço direito de Igor no tráfico de drogas.

Comentários