Polícias vão passar o ‘pente fino’ na fronteira atrás de ladrão de delegacia e armas

O governo do Acre, através da Secretaria de Segurança vem tentando omitir o caso­ que vazou nas redes socais

0

Uma grande operação está sendo montada entre as polícias Civil e Militar na fronteira do Acre. A intenção é localizar e prender os principais suspeitos que invadiram a delegacia da cidade de Brasiléia durante a madrugada desta terça-feira, dia 12.

O governo do Acre, através da Secretaria de Segurança vem tentando omitir o caso­ que vazou nas redes socais, e em seguida, na imprensa. O caso agora está sendo investigado internamente na tentativa de coletar dados para que cheguem aos ladrões.

Polícia civis dos dois municípios e militares do Bope e 10º Batalhão estão em operação na fronteira – Foto: Alexandre Lima

Como foi noticiado anteriormente, submetralhadoras, fuzil, munição e escopetas, foram suprimidas de dentro de um armário que estava em uma das salas da delegacia. O delegado titular da delegacia, Karlesso Nespoli, não quis falar sobre o caso no momento.

O prédio da delegacia em Brasiléia já vinha sendo monitorado pelo Ministério Público, uma vez que passou por duas enchentes (2012 e 2015), além de não possuir monitoramento eletrônico.

Câmeras quebradas

Como já foi denunciado antes, o governo do Acre vem fazendo vistas no que se refere ao sistema de monitoramento implantando pelo Enafron desde 2015.

Cerca de 10 câmeras foram distribuídas nas de Brasiléia e Epitaciolândia, sendo controladas no quartel do 10º Batalhão da Polícia Militar. Vários casos foram registrados envolvendo acidentes, tentativas de roubos e furtos, com tentativa de se evadirem para o lado boliviano.

Quase quatro meses, algumas dessas câmeras foram apresentando problemas, ou danificadas por vândalos, afim de dificultar o trabalho das polícias da fronteira.

Câmeras de vigilâncias estão sendo quebradas e o governo do Acre não está dando manutenção.

Mesmo com as denuncias, o governo que havia dito que os equipamentos seriam consertados a uma semana atrás, não realizou os trabalhos. A agencia dos Correios que foi invadida por bandidos na madrugada dia 5, onde usaram equipamentos pesados para abrir o cofre e levar dinheiro.

Os meliantes levaram o sistema de segurança e a Câmara existente ao lado do prédio foi vandalizada, dificultando os trabalhos das polícias.

Mais informações a qualquer momento.

Materias relacionadas:

Vândalos destroem sistema de vigilância na fronteira com a Bolívia

Câmeras de videomonitoramento auxiliam polícia a identificar assaltantes

 

Comentários

Assuntos desta notícia