“Precisamos romper com o império do medo no Acre”, diz Henrique Afonso

PV oficializa saída da Frente Popular do Acre durante coletiva nesta segunda-feira. Gina Menezes, da Agência ContilNet Durante a manhã de segunda-feira (19), a presidente da executiva estadual do Partido Verde (PV) oficializou o que já era público nos bastidores da política acreana: o desligamento...

0

PV oficializa saída da Frente Popular do Acre durante coletiva nesta segunda-feira.

Gina Menezes, da Agência ContilNet

Durante a manhã de segunda-feira (19), a presidente da executiva estadual do Partido Verde (PV) oficializou o que já era público nos bastidores da política acreana: o desligamento do PV da Frente Popular do Acre, aglomerado de partidos que integram a base de apoio ao projeto petista de governar o Acre.

Falando oficialmente como pré-candidato ao governo, o deputado federal  Henrique Afonso (PV) afirmou que não se considera a 3ª via, que a candidatura dele não é para negociar espaço político e alfinetou a gestão dos ex-aliados, ao dizer que fará um governo sem culto à personalização e sem perseguição.

Lideranças do PV anunciam saída do partido da Frente Popular do Acre/Foto: Agência ContilNet
Lideranças do PV anunciam saída do partido da Frente Popular do Acre/Foto: Agência ContilNet

“Precisamos romper com o império do medo que existe no nosso Estado. O PV tem condições e projeto para governar o Acre”, diz.

Henrique Afonso fez questão de enfatizar que a candidatura dele não é uma 3ª via, dando a entender que as duas primeiras são as do atual governador e do deputado federal Márcio Bittar.

“Quem  vai dizer se é 3ª via ou não, é a população. Nós estamos com pré-candidato para provar que temos projeto  próprio”, declarou.

A presidente da executiva estadual do PV, Shirley Torres, afirmou que a decisão de deixar a Frente Popular foi unânime e foi tomada por se acreditar que o partido tem condições e projeto político para administrar o Estado.

“Estive em todos os municípios para conversar com as executivas municipais e posso dizer que esta não é uma decisão particular, é uma decisão conjunta”, declarou.

 

Comentários

Assuntos desta notícia