Everaldo Gomes se reuniu com autoridades em seu gabinete para traçar metas de evacuação caso necessário - Foto: Alexandre Lima
Everaldo Gomes se reuniu com autoridades em seu gabinete para traçar metas de evacuação caso necessário – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

O prefeito de Brasiléia, Everaldo Gomes, juntamente com seus secretários e representantes do Corpo de Bombeiros do Acre, se reuniram em seu gabinete nesta tarde, para traçar metas de emergência caso o rio Acre venha transbordar igual ao ano de 2012.

Foi decidido equipes de apoio aos ribeirinhos e suporte. As escolas Kairala José Kairala e Instituto Odilon Pratagi já foram disponibilizadas para receber moradores que vivem às margens do rio.

Coronel Batista, coordenador da Defesa Civil no Acre esteve como prefeito de Brasiléia - Foto: Alexandre Lima
Coronel Batista, coordenador da Defesa Civil no Acre esteve como prefeito de Brasiléia – Foto: Alexandre Lima

Mesmo diante de possível enchente, o oficial dos bombeiros Coronel Batista, coordenador da Defesa Civil no Acre e o comandante do 5º Batalhão dos Bombeiros do Alto Acre, Capitão Fernandes, vereador e secretários do Município, estão tentando manter a calma dos munícipes.

Em entrevista a uma rádio da fronteira, tanto o coronel dos Bombeiros quanto o Prefeito, passaram mensagens de tranquilidade aos moradores, avisando que estão pronto para uma possível enchente.

As informações passadas da cidade de Assis Brasil, dão conta que o Rio Acre passou da cota de transbordamento deixando várias desabrigadas tanto na cidade do lado brasileiro, quanto do lado peruano, o mais afetado por enquanto.

Na cidade de Brasiléia, alguns dos moradores já estão se precavendo e retirando móveis e pertences pessoais de suas casa.

Veja vídeo reportagem com o prefeito Everaldo Gomes e coordenador da Defesa Civil no Acre, Coronel Batista.

IMG_3976

Comentários