Prefeito tucano desbanca petista em pesquisa que avalia gestores no Acre

Prefeito de Epitaciolândia, André Hassem – Foto: oaltoacre Desde que assumiu a pre­feitura de Epitaciolândia, que o tucano André Hassem elegeu três pontos como prioridade da sua gestão: saúde, educa­ção...

Prefeito de Epitaciolândia, André Hasse - Foto: oaltoacre
Prefeito de Epitaciolândia, André Hassem – Foto: oaltoacre

Desde que assumiu a pre­feitura de Epitaciolândia, que o tucano André Hassem elegeu três pontos como prioridade da sua gestão: saúde, educa­ção e controle das finanças. Apesar dos seis meses de “va­cas magras”, com a constante queda dos recursos do Fundo de Participação do Município – FPM, desponta como o prefeito acreano melhor ava­liado pela população, segundo pesquisa do Instituto Teotônio Vilela, em parceria com o Ins­tituto de Pesquisa Delta.

Em segundo lugar, figura o prefeito da capital, Marcos Alexandre, que ficou com 8,1, enquanto o tucano manteve o mesmo percentual de 8,4 dos dados de abril. “Os números reve­lam que estamos no caminho certo, mas a nossa responsa­bilidade aumenta ainda, mais com a população”, ponderou o prefeito, animado com o re­sultado da pesquisa interna do partido.

Nesta semana, deverá participar de uma série de solenidades como a reinau­guração do Laboratório Cen­tral, que permitirá a realiza­ção de 50 tipos de exames; a entrega da Farmácia Popular que fornecerá medicamentos genéricos, para a população de baixa renda, a preços mó­dicos; e a distribuição dos kits escolares para os alunos da rede municipal, (pré-escola a 5ª série do ensino fundamen­tal).

Para que a população do município tenha acesso ao serviço de atenção básica, a UPA de Epitaciolândia, no entanto, funciona das 7 ho­ras até às 12 horas da noite, com atendimento médicos nos três turnos. Um convê­nio com uma clínica assegura a realização de exames de ul­tra/sonografia e endoscopia, na rede pública. “Estamos cumprindo uma promessa de campo saúde e educação”, comentou o prefeito tucano.

Para o secretário de finan­ças do município, Tadeu Has­sem, o controle das despesas, assim, que assumiram a pre­feitura foi primordial. Afinal, a austeridade no começo da administração, permitiu que enfrentasse as incertezas do primeiro semestre de 2013. Com a máquina enxuta, pude­ram honrar os compromissos como o pagamento da folha de pagamento os fornecedo­res, em dias. “Apenas nós e a prefeitura de Rio Branco estão adimplementes, para celebrar novos convênios com o governo federal e o estadual”, comentou o secre­tário.

Enquanto muitas prefei­turas acrianas buscam conter os gastos, para não atrasar o pagamento do 13º salário, o município de Epitaciolândia conta com os recursos em caixa para pagar o abono dos servidores municipais. “O se­gredo para manter as contas em dias, continua sendo a austeridade financeira”, fina­lizou o secretário, satisfeito com os números da pesquisa do instituto Teotônio Vilela.

Da redação, com A Tribuna

Comentários