DSC_3493

As ações de limpeza estão sendo realizada para evitar qualquer tipo de contaminação à população

WILIANDRO DERZE, Semcom

A Secretaria Municipal de Obras depois da ausência dos responsáveis pelo abrigo dos imigrantes resolveu realizar por conta própria a limpeza do local. O ambiente insalubre e sem a menor higienização começou a ser limpo pelos homens da secretaria.

Segundo o secretário de obras, Cleudo Gadelha em analise juntamente com a equipe de Vigilância Sanitária foi definido que o abrigo deveria ser limpo o mais rápido possível em virtudes de pessoas estarem tentando pegar colchões, e madeiras instaladas no local.

DSC_1007

“Depois que constatamos a ausência de pessoas no local, pegando as madeiras e índias pegando os colchões, deixado pelos imigrantes tomamos uma decisão de limpar o local para garantir que pessoas não sejam contaminadas por doenças que possam ser transmitidas por meio das instalações do abrigo. Não é somente fechar o abrigo, mas limpar o local para impedir contaminação”, explicou Cleudo.

Para o prefeito Everaldo Gomes a tomada de decisão foi essencial para garantir que o ambiente do abrigo não venha contaminar as pessoas.

“O secretário mais a equipe de saúde estão no local fazendo a limpeza geral dos entulhos deixado pelos imigrantes. O local está tomado pelo lixo e podemos ver os ratos e outros bichos peçonhentos transmissores de doenças. Fiz a solicitação para que a vigilância informe e solicite as providências necessárias para a limpeza do local. E estamos vendo que os serviços começaram a ser realizados”, destacou o prefeito Everaldo Gomes.

A limpeza total do abrigo será feito pela Secretaria de Obras em conjunto com a Secretaria de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária no objetivo de evitar qualquer tipo de risco e contaminação da população e principalmente de índios que foram encontrados tentando reutilizar objetos usados pelos imigrantes.

Comentários