Fotos: Assessoria
Fotos: Assessoria

Evento reuniu representantes de diversos seguimentos da sociedade civil ligados a cultura

WILIANDRO DERZE, assessoria PMB

A II Conferência Municipal de Cultura de Brasiléia foi aberta na noite dessa quinta-feira, 1º, no Centro Cultural Sebastião Dantas pelo prefeito de Brasiléia Everaldo Gomes. O objetivo da Conferência é colher propostas e projetos para garantir as políticas de apoio a cultura no município e eleger os delegados para a Conferência Estadual.

A abertura contou com a presença de vários estudantes e representantes de entidades ligadas a cultura. O representante da Fundação Elias Mansur, Rubisclei Maia; do Conselho Estadual de Cultura, Carlos Cavalcante; além do prefeito Everaldo Gomes, representante da Secretaria de Cultura, Laurinda Bibiano e a primeira dama do município, Marissanta Rodrigues e outros convidados.

Os participantes da Conferência sugeriram o tema “Uma Política de Estado para a Cultura: Desafios dos sistemas de Cultura”, dando foco as necessidades de garantir as ações concretas de apoio e investimentos nas diversas culturas da região.

O prefeito disse que o evento mostra a importância de se investir na cultura e ampliar as parcerias para que as ações efetivas sejam realizadas. “Nossos jovens gostam e precisam de mais apoio para realizar atividades que desenvolva a socialização e garanta a dignidade e apoio as artes. Só assim, vamos está fazendo a inclusão cultural e social que precisamos”, destacou Everaldo Gomes.

Plenária durante toda sexta-feira

A Conferência que teve sua plenária organizada para toda esta sexta-feira, 2, contou com várias apresentações culturais. O que foi seguido de debates e propostas para ampliar as ações e apoio aos projetos encaminhados pelas entidades aos governos Estaduais e Municipais.

Os debates coordenado pelos representantes da secretaria municipal de cultura, Fundação Elias Mansur e Conselho Estadual de Cultura garantiu apresentações de projetos e propostas nas diversas áreas relacionadas a cultura.

A representante da secretaria de cultura, Laurinda Bibiano disse que o evento garante ampliar as informações e abranger diversas propostas de conhecer verdadeiramente os fazedores de cultura na região. “Com a Conferência podemos trabalhar propostas e encaminhar projetos para que os recursos venha ser investidos em nosso município. Nossa sociedade precisa conhecer sua verdadeira cultura que socializa e recupera pessoas que muitas vezes estão seguindo estradas perdidas”, disse Laurinda.

No final do evento foram eleitos os delegados da Conferência Municipal que representarão o município na Conferência Estadual, que debaterá as ações que serão levadas dos municípios para o âmbito de toda a região acreana.

Comentários