Alexandre Lima

Uma dupla da cariocas, que viajaram pouco mais de 4000km até a fronteira do Acre, e foram até a cidade de Cobija, capital de Pando (Bolívia), foram presos pelos Patrulheiros Rodoviários Federais (PRF) na tarde deste sábado, quando voltavam pela BR 317 rumo a capital acreana.

A prisão de Rômulo Novaes dos Santos (22) e seu comparsa Pablo Mateus Goulart Almeida (25), aconteceu quando o ônibus intermunicipal foi parado para uma vistoria de rotina e, ao revistarem os bagageiros, perceberam que havia uma máquina de triturar e seu peso acima do normal, chamou atenção.

cariocas traficantes-40

Ao verificarem de quem seria a propriedade, se descobriu que seria da dupla. Ao saber que seriam do estado do Rio de Janeiro (RJ) e vieram até a fronteira para somente buscar o triturador, perceberam que havia algo de errado na história de dupla.

Durante entrevista, conseguiram saber o que vieram realmente fazer na fronteira, que seria buscar cocaína. Com ajuda de uma furadeira, descobrir que havia cloridrato de cocaína escondida dentro dos dois cilindros.

Toda a ‘carga’ pesaria mais de 20 quilos e a dupla recebeu inicialmente, o valor de R$ 1 mil reais para vir buscar e, quando chegassem de volta, iriam receber mais dois mil pelo serviço. Mas para o azar dos dois, foram detidos antes.

Rômulo e Pablo receberam voz de prisão e foram entregues na delegacia da Polícia Federal na cidade de Epitaciolândia, onde seriam ouvidos e detidos em flagrante delito pelo crime de tráfico internacional de drogas.

Os cariocas serão transferidos para o presídio nas próximas horas, onde irão ficar à disposição da justiça até julgamento e serem condenados em até 20 anos de cadeia em regime fechado.

Rômulo Novaes e seu comparsa...
Rômulo Novaes e seu comparsa…
Pablo foram detidos quando iam de ônibus rumo à Rio Branco, capital do Acre - Foto: Alexandre Lima
Pablo foram detidos quando iam de ônibus rumo à Rio Branco, capital do Acre – Foto: Alexandre Lima

Comentários