Conecte-se conosco

Flash

PRF recupera na BR 364 camioneta que havia sido roubada em Goiás com destina a fronteira do Acre

Publicado

em

A motorista apenas informou (PRF), que fora contratada para entregar o veículo na cidade de Cobija. Departamento de Pando, pais vizinho.

Os agentes constataram que o veículo original tratava-se de uma camioneta emplacada e roubada no estado de Goiás

Assessoria

Em duas ocorrências distintas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) deteve três pessoas, apreendeu uma camioneta com vários sinais de adulteração e um revólver com a numeração raspada. Ambos os flagrantes aconteceram na sexta-feira (6) na BR-364 – na capital e no interior do Acre.

Por volta de 15h, uma equipe da PRF abordou uma camioneta na Unidade Operacional (UOP01) de fiscalização, na capital acreana. A condutora viajava sozinha no sentido da fronteira com a Bolívia.

Durante a fiscalização, a mulher disse que era paulista, ficou bastante nervosa e apresentou várias versões contraditórias sobre os motivos da viagem e origem do veículo.

Diante da fundada suspeita, os policiais realizaram inspeção detalhada e identificaram vários sinais de adulteração, como as placas, de São Paulo (SP), número do motor e chassi, dentre outros.

Os PRFs constataram que o veículo original tratava-se de uma camioneta emplacada no estado de Goiás e roubado em São Paulo. Questionada, a motorista apenas informou que fora contratada para entregar o veículo na cidade de Cobija-Pando, país vizinho.

____________________

A mulher de 24 anos recebeu voz de prisão e foi encaminhada com o veículo apreendido à Delegacia de Flagrantes para os trâmites legais.

_____________________

Às 19h, outra equipe estava no Km 24, nas proximidades de Acrelândia (AC), quando os policiais determinaram parada a um condutor de uma motocicleta. O passageiro retirou um revólver da cintura e o jogou na mata.

No Km 24, nas proximidades de Acrelândia (AC), os policiais determinaram parada a um condutor de uma motocicleta. O passageiro retirou um revólver da cintura e o jogou na mata.

No mesmo instante, os PRFs alcançaram a dupla na moto e recolheram a arma de fogo, com numeração suprimida e seis munições intactas.

Um dos ocupantes era adolescente. Diante de todos os dados expostos, os dois foram detidos, o revólver municiado apreendido, e levados para a Delegacia de Polícia Civil daquele município.

Comentários

Flash

Símbolo nazista e ameaça de massacre mobiliza polícia

Publicado

em

Por Leônidas Badaró

A escola estadual José Ribamar Batista (conhecida como Ejorb), localizada no Aeroporto Velho,  vive uma sexta-feira, 20, tensa. É que há uma semana, foi descoberto em uma carteira de uma turma, o desenho de um símbolo nazista e a seguinte expressão: “Dia 20 será o massacre de EJORB”.

A suposta ameaça vazou entre os alunos e passou a preocupar os pais. A gestora da escola, Francicleia Barroso, acionou a polícia. “A gente chamou a polícia. Este ano decidimos que o que é competência da escola vai ser tratado pela escola, o que não for vai ser tratado pela polícia, que já tem uma boa parceria com a gente. Nos resguardamos, já que as famílias quando souberam, ficaram preocupadas e a polícia vai ficar aqui o dia todo”, afirma.

A diretora, mesmo achando se tratar de uma brincadeira de mau gosto, deixa claro que é preciso tomar providências. “Infelizmente, estamos vivendo um tempo onde as crianças estão adoecidas emocionalmente. As famílias precisam ensinar que isso não é brincadeira, isso é mexer com as emoções”, explica.

Francicleia deixa ainda um recado importante para os pais e mães. “Tudo é em função da família, que precisa cumprir seu papel e ser família. Não pode colocar essa obrigação na escola. As pessoas precisam olhar mais para seus filhos. Aqui não temos alunos perversos, temos pessoas carentes e isso aqui é  uma manifestação de chamar atenção. Toda a gestão não entendeu como alarme ou desespero, mas entendemos como gestão que acionar a polícia seria a forma correta para não gerar nenhum tipo de pânico”, explica.

Comentários

Continue lendo

Flash

Prefeitura de Epitaciolândia anuncia reajuste de 56,38% para agentes de Saúde e Endemias

Publicado

em

Prefeito Sérgio Lopes anuncia reajuste de 56,38% no piso nacional dos Agentes Comunitário de Saúde e Agente de Combate às Endemias, Conforme Emendaonstitucional nº. 120/2022, que prevê que o salário dos mesmos não pode ser inferior a dois salários mínimos, equivalente a 2.424,00, o prefeito Sérgio Lopes assinou o decreto concedendo o reajuste que vai dar um aumento de 56,38% para as categorias.

Segundo o prefeito, tão logo saiu à portaria ele já providenciou juntamente com a equipe financeira um planejamento para anunciar o pagamento do piso nacional.

“É por meio desses agentes que a população mais carente recebe orientações sobre comportamentos adequados para a preservação da saúde, bem como informações sobre riscos de doenças e epidemias, por tanto, essa valorização é muito importante, pois sabemos que será uma motivação há mais para continuarem prestando um excelente trabalho a nossa sociedade.” Destacou o prefeito Sérgio Lopes.

Comentários

Continue lendo

Flash

Homem é preso por matar irmão a facadas e pauladas em Rio Branco

Publicado

em

Um homem de 43 anos foi preso na manhã desta quinta-feira (19) sob suspeita de ter matado o próprio irmão, o morador de rua Edivaldo de Souza Rufino, de 40. A prisão ocorreu em uma casa no bairro João Eduardo, em Rio Branco.

O crime ocorreu no dia 16 de abril, quando Edivaldo foi agredido com várias pauladas e golpes de faca. Ele chegou a ser atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), após ser achado caído na Rua Verona, no Novo Horizonte, mas não resistiu aos ferimentos.

Edivaldo foi achado caído na Rua Verona e morreu durante atendimento do Samu /Foto: Reprodução

pós chegar ao irmão da vítima como principal suspeito do crime, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva dele.

Segundo a polícia, os irmãos se desentenderam no dia do homicídio. O crime é tipificado como ‘fratricídio’, que é a morte de um irmão por outro irmão.


Fonte: oacreagora

Comentários

Continue lendo

Em alta