Conecte-se conosco

Acre

Procon realiza ações de fiscalização em bancos do estado

Publicado

em

Somente este ano,  o  Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/AC) já fiscalizou cerca de 21 agências bancárias em todo o estado com o objetivo de auferir irregularidades no tempo de espera dos consumidores.

Procon vem realizando ações de fiscalização em bancos do estado Foto: José Caminha/Secom.

Foram lavrados em decorrência das fiscalizações, 14 relatórios de visitas onde os bancos estavam funcionando de maneira regular na data da fiscalização, 4 autos de constatação (onde constatou-se algum tipo de irregularidade) e 3 autos de infração (aplicação por multa), por não se adequarem em razão de irregularidade auferida na primeira vez.

Cada município tem sua própria lei em relação às regras de espera em bancos, porém, o decreto estadual vigente proíbe a aglomeração dentro de estabelecimentos bancários, por isso a distribuição de senhas aos consumidores é exigida.

Cada município tem sua própria lei em relação às regras de espera em bancos, porém, o decreto estadual vigente proíbe a aglomeração  Foto: José Caminha/Secom.

Camila Pereira, chefe do departamento de atendimento e fiscalização do Procon/AC ressalta a importância das ações: “O Procon vem reiteradamente fiscalizando a qualidade nos serviços prestados pelos bancos de todo o estado do Acre, isto porque as instituições financeiras devem obedecer à legislação vigente no que se refere ao tempo de espera para os atendimentos. Ressalte-se que há um conflito de normas entre o decreto estadual, que proíbe a aglomeração dentro das agências bancárias, e as leis de alguns municípios, menos restritivas. Não obstante, o Procon vem exigindo que os bancos distribuam senhas aos consumidores que estão aguardando também do lado de fora do estabelecimento. Nesse sentido, temos autuado os bancos que não obedecem a esse procedimento e, consequentemente, solicitado que os consumidores sejam alocados de forma adequada,” pontuou.

Os consumidores que identificarem alguma irregularidade podem entrar em contato por meio do disque-denúncia  Foto: José Caminha/Secom.

As fiscalizações do Procon são feitas através de calendário próprio, organizado para serem realizadas no período de recebimentos de salários, elas também ocorrem através de reclamações do consumidores oriundas do disque-denúncia. As ações ocorreram em janeiro, julho, setembro, outubro e novembro, nas cidades de Rio Branco, Brasileia, Epitaciolândia e Cruzeiro do Sul.

Os consumidores que identificarem alguma irregularidade podem entrar em contato por meio do disque-denúncia em Rio Branco pelos telefones: (68) 3223-7000 e 151 e em Cruzeiro do Sul pelo número (68) 3322-1330 no horário: 7h30 às 13h30 de segunda a sexta-feira.

Comentários

Acre

Pesquisa revela que Jair Bolsonaro ganha de Lula em todos os cenários no Acre

Publicado

em

A pesquisa do Instituto Real Time Big Data, contrata pela TV Gazeta e divulgada nesta quinta-feira, 2, revela que o atual presidente da República, Jair Bolsonaro (PL) ganha do ex-presidente Lula (PT) no Acre em todos os cenários levantados pelo estudo de opinião.

No cenário estimulado, Bolsonaro aparece na frente com 38%, contra 29% de Lula. Ciro Gomes (PDT) aparece com 8% e Sérgio Moro com 7%. João Doria e Rodrigo Pacheco registraram 2% e 1%, respectivamente. Branco e nulo registrou 8% e não sabem ou não responderam pontuou em 7%.

Em outro cenário, onde só aparecem Bolsonaro e Lula como candidatos, o atual presidente ganha Com 41% contra 33% do petista. Branco e nulo registraram 12% e não sabem ou não responderam marcaram 14%.

Na aferição espontânea, Bolsonaro também lidera com 25% contra 15% de Lula. Ciro Gomes registrou 1 e outros candidatos aleatórios marcaram 3%. Branco e nulo com 19% e não souberam ou não responderam 37%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 29 e 30 de novembro e ouviu 600 pessoas nos municípios de Rio Branco, Brasiléia, Sena Madureira, Senador Guiomard, Plácido de Castro, Xapuri e Porto Acre, Cruzeiro do Sul, Feijó, Tarauacá, Mâncio Lima, Marechal Thaumaturgo e Rodrigues Alves. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Comentários

Continue lendo

Acre

Covid-19: Sesacre confirma dois novos casos, cinco internações e 42 são monitorados

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), registrou 3 novos casos de infecção por coronavírus nesta quinta-feira, 2 de dezembro. O número de infectados subiu para 88.223, em todo o estado.

Até o momento, o Acre registra 250.920 notificações de contaminação pela doença, sendo que 162.655 casos foram descartados e 42 exames de RT-PCR seguem aguardando análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou do Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 86.136 pessoas já receberam alta médica da doença, sendo que 5 seguiam internadas até o fechamento deste boletim.

Os dados da vacinação contra a Covid-19 no Acre podem ser acessados no Painel de Monitoramento da Vacinação, disponível no endereço eletrônico: http://covid19.ac.gov.br/vacina/inicio. As informações são atualizadas na plataforma do Ministério da Saúde (MS), ficando sujeitas a alterações constantes, em razão das informações inseridas a partir de cada município.

Nenhuma notificação de óbito foi registrada nesta quinta-feira, 2º de dezembro, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça em 1.849 em todo o estado.

Sobre os casos de Covid-19 no estado, acesse:

BOLETIM_AC_COVID_02_12_2021_PARCIAL

Sobre a ocupação de leitos no estado, acesse:

http://covid19.ac.gov.br/monitoramento/leitos

Rio Branco, AC, 2 de dezembro de 2021

Secretaria de Estado de Saúde do Acre

Comentários

Continue lendo

Acre

Gladson diz que não aceitará pressões e cadastro de reserva da Civil é caso encerrado

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) usou as redes sociais nesta quinta-feira, 2, para emitir um comunicado aos aprovados que estão no cadastro de reserva dos concursos das áreas da Segurança Pública do Estado.

Na publicação, Cameli afirmou que considera o assunto das convocações encerradas e salientou que não aceitará “pressões politiqueiras”. Segundo o governador, já foram feitas mais de 1 mil convocações desde que assumiu o governo em 2019.

“Tudo aquilo que prometi na campanha eleitoral referente a convocação dos aprovados nos concursos da Segurança Pública é demais, eu cumpri com a minha palavra. Já foram mais de mil contratações para as nossas polícias em menos de três anos. Sigo com minha consciência tranquila sabendo que sempre fiz tudo dentro da legalidade. Considero esse assunto das convocações dos cadastros de reserva como encerrado e não aceitarei pressões politiqueiras, que tem como objetivo desestabilizar a nossa gestão”, escreveu.

Comentários

Continue lendo

Em alta