Documento com advertência foi publicado no Diário Oficial do Estado. Denúncia teria sido feita por alunas da escola, que atende estudantes entre 6 e 13 anos.

Escola Elson Dias Dantas, na cidade de Brasiléia – Foto/arquivo

A direção da escola Élson Dia Dantas, em Brasileia, interior do Acre, publicou no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (25) uma advertência a um professor da unidade por comportamento classificado como ‘deselegante’, brincadeiras inconvenientes com alunas e postura inadequada. No documento, a direção disse que os fatos foram relatados pelas alunas. O professor também é acusado de acessar sites pornográficos no ambiente escolar.

G1 entrou em contato com a diretora da instituição, Francisca da Silva Oliveira, mas até esta publicação não obteve retorno.

O estabelecimento de ensino atende crianças de 6 a 13 anos. No documento, a direção esclarece que a advertência é dada após ter “sido constatado, através de depoimentos de alunas,” que o professor “tem se comportado de maneira deselegante, com brincadeiras, posturas que não são adequadas em um ambiente escolar onde convivemos diariamente com crianças”, diz o início da publicação.

Além dos relatos das crianças, o documento também enfatiza que por meio de relatório do computador da secretaria da unidade escolar, o educador teria “acessado sites pornográficos, assim como usado equipamentos de som em volume alto para ouvir nos dias de trabalho nos finais de semana”.

Na advertência, a direção da escola Élson Dia Dantas ressalta que as supostas práticas atribuídas ao professor são contrárias às normas da instituição e alerta que se a possível conduta for mantida “medidas mais enérgicas, acauteladoras” serão tomadas. “Esperamos que o senhor não reincida nessas práticas promíscuas ou mesmo em outras”, encerra a manifestação feita pela gestão.

Fonte: G1

Comentários