PV unifica discurso com a oposição e diz que Sebastião Viana é centralizador e antidemocrático

Da redação, com Ray Melo O discurso crítico a atuação do governador Sebastião Viana (PT) foi unificado pelos seus ex-aliados do PV e pelos líderes de partido de oposição que...

Da redação, com Ray Melo

O discurso crítico a atuação do governador Sebastião Viana (PT) foi unificado pelos seus ex-aliados do PV e pelos líderes de partido de oposição que não pouparam o gestor do executivo estadual, durante o lançamento da pré-candidatura de Henrique Afonso ao governo do Acre, na manhã desta sexta-feira (22), na sede da Associação Comercial do Acre (ACISA).

O governador é apontado pelos verdes, como centralizador, intransigente e antidemocrático. Shirley Torres (PV) diz que a postura da cúpula petista comandada por Sebastião Viana não permite que os partidos aliados cresçam ou participem diretamente das decisões administrativas. “A palavra mudança está na atmosfera do Acre”, destaca a presidente do PV.

O pré-candidato Henrique Afonso afirma que o governador está se notabilizando pelas decisões equivocadas na nomeação de seus assessores. “O governador está colocando pessoas certas em lugares errados e pessoas erradas em lugares certos. Esta política equivocada está prejudicando a administração e afastando o pode público da população. Ele não faz gestão”.

O evento foi realizado praticamente por dissidentes da Frente Popular. Tião Bocalom, que foi secretário na administração do ex-governador Jorge Viana (PT) manteve o discurso adotado nas últimas eleições, quando se tornou oposição à cúpula petista. A mesma linha foi adotada pelo progressistas Gladson Cameli, que deixou a base de apoio do PT e integrou o bloco de oposição.

Mesmo trocando farpas por causa da última reunião dos partidos de oposição, Tião Bocalom e Gladson Cameli, quando o assunto é bater em Sebastião Viana, eles não destoam no discurso. Os dois fizeram praticamente as mesmas acusações contra o projeto da FPA. De acordo com os líderes oposicionistas, o bloco dominante beneficia apenas um pequeno grupo de apaniguados.

Comentários