Gladson diz que existe um compromisso com os eleitores e com suas promessas de campanha

Com jornais Contilnet e Ac24horas

Gladson promete quase R$ 50 milhões de recursos para a Saúde do Acre

Durante entrevista ao programa Cidadania, na Aldeia FM, na manhã desta segunda-feira, 24, o governador Gladosn Cameli destacou o envio de quase R$ 50 milhões que serão destinados para atender a Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre).

“Quem quer, quer. Quem não quer, tchau” – com essas palavras o governador Gladson Cameli abordou a relação atual com os aliados políticos na condução de seu cargo à frente do executivo acreano, durante entrevista concedida ao programa ‘Fala Governador’ nesta segunda-feira (24).

“Não existe um governador que tenha mais diálogo com a classe política como eu. De um modo geral, acabou. Chega de mimimi. Não vou virar refém de ninguém. Quem quer, quer. Quem não quer, tchau”, disse.

Gladson diz que existe um compromisso com os eleitores e com suas promessas de campanha.

“Vou colocar na prática as minhas promessas de campanha e vou cumprir com a maior delas, que é melhorar a vida das pessoas”, finalizou.

De acordo com o governador, todas as viagens que fez a Brasília tiveram um resultado muito positivo.

Na última semana, ele esteve com o presidente do Congresso Nacional, Davi Alcolumbre, numa agenda em que ficou garantido um montante de mais de R$ 30 milhões para a saúde.

“Isso é muito bom, porque o limite de recursos destinados para a saúde é de quase R$ 50 milhões. Além dos R$ 30 milhões, ainda temos emendas parlamentares dos senadores Márcio Bittar e Sérgio Petecão. Só do Marcio serão R$ 15 milhões para injetar na saúde”, disse.

Além da saúde, Gladson também garantiu emendas de parlamentares federais que serão destinados para obras de infraestrutura no Estado. “Para que possamos dar início à novas obras no Acre”.

Só pelo Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), já foram reiniciadas 14 obras. “Temos esse problema na questão do abastecimento de agua, mas que está sendo resolvidos. Não prometo água para todos os lugares, mas que vai melhorar, pode ter certeza que vai”.

Ele diz que o órgão já está trazendo economia para o Acre, uma vez que estão limitando gastos desnecessários e aplicando no que realmente precisa.

Comentários