POUCO-DINHEIRO

O Acre deve perder pelo menos R$ 16 milhões em repasses federais previstos para este mês, em relação ao mesmo período do ano passado, descontada a inflação. Esta é a previsão da equipe econômica do governo estadual, com base na primeira quota do FPE depositada dia 10, que veio, já, com R$ 2 milhões a menos que o que estava aguardado.

Para os analistas do governo, a situação também deve se complicar para os municípios, que dependerão cada vez mais dos repasses do ICMS estadual, possível graças à readaptação das alíquotas e da forma de recolhimento. O repasse para as prefeituras deve ocorrer na próxima terça-feira.

A situação no estado só não se agrava ainda mais porque o governo tomou medidas drásticas de contenção de despesas de custeio, evitando qualquer prejuízo no pagamento de salários e obrigações do Estado.

Comentários