Da Contilnet

Rio Acre já desabrigou 10 famílias em Assis Brasil/Fotos: Evandro Cordeiro/ContilNet Notícias
Rio Acre já desabrigou 10 famílias em Assis Brasil/Fotos: Evandro Cordeiro/ContilNet Notícias

O rio Acre transbordou em Assis Brasil, município 350 quilômetros distante de Rio Branco, e deixou ao menos 10 famílias desabrigadas, nesta terça-feira, 26. O repiquete d’água, como é chamado o fenômeno nessa região, por ser próxima da cabeceira do rio, está numa crescente nas últimas 24h, segundo a prefeitura.

A cheia repentina do rio Acre em Assis Brasil representa problemas de toda ordem, entre estes a distância do destacamento mais próximo do Corpo de Bombeiros. O comando da região é estabelecido em Brasiléia, 111km de distância, além do mais, essa “tromba” d’água, segundo técnicos da prefeitura, é uma ameaça a Rio Branco. “Toda vez que enche aqui desse jeito, essa água alaga a capital”, diz o prefeito Humberto Filho, o Doutor Betinho (PSDB), que não quer fazer nenhum alarde desnecessário da enchente. “Não sou técnico da área”, justifica o prefeito, que é médico.
Foto: ContilNet

A cheia repentina do rio Acre em Assis Brasil representa problemas de toda ordem, entre estes a distância do destacamento mais próximo do Corpo de Bombeiros. O comando da região é estabelecido em Brasiléia, 111km de distância, além do mais, essa “tromba” d’água, segundo técnicos da prefeitura, é uma ameaça a Rio Branco. “Toda vez que enche aqui desse jeito, essa água alaga a capital”, diz o prefeito Humberto Filho, o Doutor Betinho (PSDB), que não quer fazer nenhum alarde desnecessário da enchente. “Não sou técnico da área”, justifica o prefeito, que é médico.

Rio Acre, em Assis Brasil, na manhã desta quarta-feira
Rio Acre, em Assis Brasil, na manhã desta quarta-feira

Mais preocupante ainda é o fato de estar chovendo na região sem parar há pelo menos três dias. E a previsão do Instituto de Pesquisa da Amazônia (Inpe) para as próximas horas é de um volume considerável de chuvas.

O prefeito Betinho está começando a fazer o que é praxe, sempre que ocorre o alagamento: auxiliar as famílias atingidas. Conforme as fotos exclusivas da www.contilnetnoticias.com.br, algumas famílias ainda resistem. “Caso piore a situação nas próximas horas o prefeito decidiu que chamará ajuda dos Bombeiros.

Comentários