Rio Acre inicia vazante e leva tranquilidade aos moradores de Brasiléia e Epitaciolândia

Divisa com a cidade de Cobija, com a Ponte Wilson Pinheiro ao fundo.
Alexandre Lima

O rio Acre iniciou na madrugada deste sábado, dia 18, a vazante após marcar 10,99mt, segundo a Agencia Nacional de Águas – ANA. Até o final do dia de sexta-feira, muitos moradores ainda chegaram a sair de suas residências que foram alcançadas pelas águas.

Temendo pelo pior, como aconteceu nos anos de 2012 e 2015, os moradores, prefeituras de Brasiléia e Epitaciolândia, já trabalhavam planos de evacuação em massa caso fosse necessário.

Algumas áreas afetadas tiveram a eletricidade cortada por medida de segurança e parte de uma rua, Marechal Rondon na cidade de Brasileia, foi interditada devido apresentar rachaduras e pode desmoronar com a vazante.

Entre Brasiléia e Epitaciolândia, cerca de 13 famílias foram retiradas de suas casas. Destes, boa parte reside em áreas abaixo do nível e todo o ano, correm o risco de serem retiradas para locais mais altos enquanto o rio baixa.

Na cidade de Assis Brasil, neste sábado, foi registrado o nível abaixo de 5 metros, o que tranquiliza os moradores. A preocupação agora, fica para a Capital do Acre que irá receber o grande volume, uma vez que o Rio Acre, tem muito afluentes.

Parte da Rua Marechal Rondon foi interditada por apresentar rachaduras e corre risco de ceder coma vazante do rio.

Comentários