Rio Branco: Águas do rio Acre invadem parte do estacionamento do Educandário Santa Margarida na Base

Coordenador da Defesa Civil Municipal, Coronel George Santos, informou que o principal afluente do Rio Acre, o Riozinho do Rola, ainda recebe muita água e apresenta profundidade de 10m54cm e...

Coordenador da Defesa Civil Municipal, Coronel George Santos, informou que o principal afluente do Rio Acre, o Riozinho do Rola, ainda recebe muita água e apresenta profundidade de 10m54cm e continua subindo.

Rio Acre invadiram parte do estacionamento do Educandário Santa Margarida, na rua Acre, no Bairro da Base (Foto: Ac24horas)
Da Redação com Jornais Acreanos

As águas do rio Acre invadiram parte do estacionamento do Educandário Santa Margarida, na rua Acre, no Bairro da Base, na manhã desta sexta-feira, 12, depois que o rio Acre alcançou os 13, 21 metros em Rio Branco. O manancial está a 29 centímetros da cota de alerta na capital.

Segundo os dados da Defesa Civil de Rio Branco nos 11 primeiros dias de janeiro já choveu 52% do previsto para todo o mês, somente na tarde desta quinta-feira, 11, choveu 60 milímetros em duas horas.

A prefeitura deu início a execução do Plano de Contingência do Município, com a ordem de limpeza do Parque de Exposições Wildy Viana e de construção dos cem primeiros boxes para o caso de necessidade de acolher famílias desabrigadas pela cheia do manancial.

Sobre as ultimas informações o nível do Rio Acre oscilou para mais com as constantes chuva que caiu nas cabeceiras do Alto Acre, por onde o manancial corta os municípios de Brasiléia, Assis Brasil, Xapuri e Plácido de Castro. Entre quinta-feira (11) e esta sexta feira (12), ele se aproximou ainda mais da cota de alerta que é de 13m50cm. Segundo a mediçã feita às 6 horas o manancial atingiu a marca de 13m10cm em sua calha mais profunda.

Por telefone, o Coordenador da Defesa Civil Municipal, Coronel George Santos, informou que o principal afluente do Rio Acre, o Riozinho do Rola, ainda recebe muita água e apresenta profundidade de 10m54cm e continua subindo.

___________________________

Segundo George, a Defesa Civil vem fazendo o monitoramento constante, principalmente nas áreas mais baixas onde a água costuma alcançar primeiro.

___________________________

“A água do Rio Acre na Capital costuma atingir logo ali na Travessa Edem no bairro 6 de Agosto, no Santa Terezinha e na Baixada da Habitasa. Estamos atentos para dar todo suporte em caso de alguma família ficar desalojada, mas por enquanto está tranquilo. A cota de alerta é 13 metros e 50 centímetros e a de transbordamento é de 14 metros. Estamos monitorando”, tranquilizou George.

Previsão é que o Rio continue enchendo/Foto: Fagner Delgado

Um boletim extraordinário do Sistema de Alerta Hidrológico da Bacia do Rio Acre, divulgado nesta sexta (12) pelo Serviço Geológico do Brasil, indica que o manancial exige atenção e que a situação é preocupante. A previsão é que o rio atinja a cota de alerta nas próximas 12 horas.

A publicação aponta ainda que o rio está mais de 3,5 metros acima do nível normal e para as próximas horas deve subir mais 30 cm. A previsão, segundo o sistema, é de chuvas intensas para a região nos próximos dias e, caso isso ocorra em um curto espaço de tempo, pode causar inundações.

Os dado da Defesa Civil mostram ainda que nos 11 primeiros dias de janeiro já choveu 52% do que era previsto para todo o mês. Somente na quinta (11), choveu 60 milímetros em duas horas.

“Permanece a previsão de chuvas, mas queremos que as pessoas fiquem calmas, pois estamos fazendo todo o esforço possível para garantir a segurança de todos caso haja famílias desabrigadas”, destaca Santos.

Abrigos estão sendo construídos no Parque de Exposições para o caso de famílias desabrigadas com a cheia do Rio Acre (Foto: Divulgação/Prefeitura de Rio Branco )

Medidas

Com a cota do Rio Acre acima de 12 metros, a Prefeitura de Rio Branco iniciou quinta (11) a limpeza do Parque de Exposições Wildy Viana, usado como abrigo, e começou a construção de 100 boxes.

O coronel George Santos, disse que desde o início do período chuvoso, em novembro, o órgão intensifica as ações de monitoramento. Segundo ele, os níveis dos rios quantidade de chuva ao longo da bacia do Rio Acre estão sendo acompanhados.

Rio Acre no interior

Apesar de ter subido em Rio Branco, o nível do Rio Acre apresentou queda em alguns municípios no interior do Acre. Na quinta (11) o manancial chegou a 11,40 metros em Xapuri, já na manhã desta sexta (12), às 9h, o nível era de 10,98 m. A cota de alerta do município é de 12,50 m.

O mesmo ocorreu em Brasileia onde o rio apresentou baixa de 71 centímetros, saindo de 7,38 metros na quinta, para 6,67 metros nesta sexta. A cota de alerta na cidade é de 9,80 m.

A maior queda na medição ocorreu em Assis Brasil onde houve uma diminuição de 1,20 m. O manancial no município saiu de 6,14 metros para 4.85 nesta sexta.A cota de alerta em Assis Brasil é de 11,30 metros.

______________________________

Manancial chegou a 13,21 metros na manhã desta sexta (12) e Defesa Civil monitora áreas de risco. Órgão diz que em 11 dias de janeiro choveu 52% do que era previsto para todo o mês.

______________________________

*Nível Rio Acre e Principais Afluentes em metros nas primeira horas:*

12 JAN 18 – mediação das 9h
Assis Brasil – 4,85
Brasiléia – 6,67
Xapuri – 10,98
Capixaba – 11,34
Rio Branco – 13,21
Riozinho do Rola – 10,62

Comentários