Conecte-se conosco

Extra

Roberto Vaz canta e se emociona ao visitar Durvalina, fã de 100 anos do programa Sábado Show

Publicado

em

Houve um tempo em Rio Branco, no Acre, em que as pessoas colocavam a melhor roupa e faziam questão de avisar para os amigos e vizinhos que estavam indo assistir ao show de Roberto Vaz, um gordinho que animava as noites de sábados com um talk show pra lá de animado. Lá, as pessoas se divertiam, ajudavam os mais necessitados e sempre ganhavam alguma coisa, nem que fosse um abraço, uma fotografia ou uma dança com o apresentador.

Eram noites alegres, onde era comum o encontro entre amigos para assistir aoSábado Show pela TV (canal 5/Tv5). Era um programa com 2 horas de duração, onde desfilavam talentos da música acreana, casos comoventes de pessoas que buscavam por ajuda (devido a inércia do poder público) e o famoso show de calouros. “Eram tempos bons e que não volta mais”, diz Roberto Vaz.

Os jovens de atualmente não sabem, mas Roberto Vaz também se aventurou como cantor. Foi na época do Sábado Show que ele resolveu cantar. À época. brigou com a equipe do programa pela insistência. Justificava que o programa tinha que ter alto astral para levantar a estima dos telespectadores que assistiam os casos comoventes que eram apresentados. Como decidiu cantar, a produção do programa criou algumas letras, que juntadas ao talento do músico Mão de Onça, tornaram-se um ingrediente a mais para a alegria na telinha.

Veja o trecho de uma delas:

 A alegria está no ar

Vamos, meu povo, cantar

Roberto Vaz já chegou

Para a festa animar

Sábado Show, Show

Roberto Vaz, Vaz

Tem muita festa, brincadeira e emoção…

Quando essa musiquinha tocava, tinha início, sempre às 20 horas, dos sábados, o show. E entre tantos programas, casos, artistas e pessoas, alguns personagens ganharam vida. E a alegre Durvalina foi, durante anos, destaque nas noites do sábado. Esta semana, atendendo um pedido da família, o jornalista e apresentador Roberto Vaz fez uma visita a uma de suas maiores admiradoras, a carismática Durvalina, que acaba de completar 100 anos de vida. O reencontro entre fã e apresentador foi um pedido da própria família de Durvalina e tocou profundamente o jornalista, que não pensou duas vezes e aceitou o convite.

Durvalina é paranaense, mas mora no bairro Santa Cecília, em Rio Branco há muitas décadas. Possui oito filhos e atualmente vive acamada. Não fala, não enxerga e pouco escuta. Há pouco tempo, antes de apresentar piora no estado de saúde, ela reuniu os filhos e disse: “quero realizar um sonho e rever o Roberto Vaz”, disse a família.

Na década de 90, o programa de auditório Sábado Show era recorde de audiência e contava com a presença de Durvalina sempre que ela podia. A filha conta que ela aos sábados ela se arrumava cedo para participar e dançar na atração televisa, que virou um marco na TV acreana.

“Ela é apaixonada pelo apresentador”, conta a filha Maria Silvarina. Vaz, como é carinhosamente chamado, não se conteve e se emocionou, indo às lagrimas. “No programa, ela era a essência do povo, a alegria do povo. Ela levava a reclamação do povo. Animou muitas tardes nossas na gravação do Sábado Show”. Para ele, Durvalina era a quebra de um paradigma. “Era a nossa estrela”, relembra.

O apresentador conta detalhes daquela época, de quando conheceu a admiradora de longa data. “Ela chegava, ficava no canto dela, mas sempre ia para frente do programa, porque a gente queria mostrar o povo como ele era. E era um compromisso nosso de ajudá-la, assim como fazíamos com outras pessoas, mas ela sobressaia”.

Ao lado da cama onde Durvalina passa a maior parte da vida atualmente, uma fotografia retrata os tempos em que ela participava do programa com o ídolo.

Assista ao vídeo emocionante:

Comentários

Extra

Saiba como encontrar seu local de votação para o dia das eleições

Publicado

em

Busca pode ser feita no site do Tribunal Superior Eleitoral

No dia 2 de outubro, primeiro turno das eleições, mais de 156 milhões de eleitores estarão aptos a comparecer às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais.

Faltando uma semana para o pleito, o eleitor pode consultar com antecedência o local de votação e evitar eventuais transtornos.

No site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o cidadão pode fazer a busca, devendo informar o número do CPF ou do título de eleitor, a data de nascimento e o nome da mãe. O resultado indicará os números da zona eleitoral, da seção eleitoral e o endereço do local de votação. A mesma busca também pode ser feita nos sites dos tribunais regionais eleitorais.

Pelo aplicativo e-título, além de saber o local de votação, o eleitor também pode ativar a localização do celular e ser guiado até sua zona eleitoral por meio de um mapa virtual.

Para o eleitor que tem sua biometria cadastrada, o e-título também serve como documento de identificação para votar, substituindo o título de papel ou outro documento de identificação com foto. Segundo o TSE, cerca de 118 milhões de pessoas, número correspondente a 75% do eleitorado, estão cadastradas pela biometria.

Quem tiver interesse pode baixar gratuitamente a ferramenta, que está disponível nas lojas de aplicativos dos sistemas operacionais Apple e Android.

Em 1° de outubro, dia anterior ao primeiro turno, o download do aplicativo será suspenso e liberado somente no dia seguinte ao pleito. No segundo turno, será possível baixar o aplicativo somente até 29 de outubro, data anterior ao segundo turno.

A última opção para consultar o local de votação é utilizar o Chatbot do TSE. Para acessar o assistente virtual, o eleitor pode salvar o número +55 61 9637-1078 na lista de contatos do WhatsApp e iniciar a conversa virtual com o aplicativo.

Comentários

Continue lendo

Extra

Vídeo: Carro invade contramão e causa acidente em Brasiléia deixando motociclista com fratura na perna

Publicado

em

Um acidente foi registrado na manhã deste sábado (24), no Bairro Eldorado, parte alta da cidade de Brasiléia, na rua João Jovino, por volta das 10h00. Um vídeo de um sistema de segurança registrou o momento quando o carro modelo Toyota/Corolla e uma moto Yamaha, placa QLY 3671 se chocam.

No vídeo, mostra quando a condutora da moto, identificada pelas iniciais L. L. O., de 33 anos, ainda tenta se esquivar do carro que não retorna para o seu lado da pista, causando o impacto na lateral, ao ponto de arrancar o pneu da roda.

A mulher sofreu dilacerações e fratura óssea na perna esquerda, sendo socorrista por uma equipe do SAMU, sendo levada para o hospital Raimundo Chaar, onde foi estabilizada e em pouco tempo, transferida para a Capital, onde passará por cirurgia.

Equipe da Polícia Militar e do Cifitran estiveram no local, onde registraram o acontecimento. O condutor (não identificado) do veículo foi notificado e deverá se apresentar na delegacia para ser ouvido e responder pela infração cometida, além de arcar com os danos causados à condutora e na moto.

O caso está em aberto entre as partes envolvidas.

Comentários

Continue lendo

Extra

Derrubada na zona rural de Epitaciolândia registra uma morte neste sábado, dia 24

Publicado

em

Jonatas ainda chegou com vida no hospital de Brasiléia, mas, não resistimos ferimentos.

Um jovem de apenas 20 anos, identificado como Jonatas dos Santos Machado, foi vítima quando trabalhava em uma derrubada que fazia com um colega, no Ramal do Prata, interior do município de Epitaciolândia, na manhã deste sábado, dia 24.

Segundo foi relatado pelo dono da propriedade, identificado como Natalino, teria contratado o jovem para fazer o trabalho no local determinado. Foi quando a árvore que estava cortando na companhia do colega, teria tombado para o lado oposto, lhe atingindo pela região da cintura e costelas, lhe jogando no chão ficando desacordado e agonizando.

Momento registrado em que o jovem ainda estava com vida sendo levado para o hospital por um vizinho.

Enquanto Jonatas aguardava a chegada de ajuda que foi pedida ao vizinho que tem um carro, uma equipe do SAMU foi acionada para ir de encontro no meio da viajem, onde colocaram o jovem na ambulância, iniciando os primeiros socorros na tentativa de salvar sua vida.

Jonatas ainda chegou com vida no hospital regional Raimundo Chaar, mas, devido os ferimentos, não resistiu e morreu momentos depois. Segundo foi avisado pelos agentes da delegacia de Epitaciolândia, o corpo do jovem seria levado pela equipe do IML à Capital, onde passaria por perícia forense.

O caso estará sendo analisado pela Delegacia Geral de Polícia do Município, onde aconteceu a tragédia.

Comentários

Continue lendo

Em alta