“Estou muito orgulhoso de ter merecido a confiança dos meus pares para ocupar a presidência desta que é uma das mais importantes comissões do Parlasul”, disse Rocha

ContilNet

Deputado Wherles Rocha (PSDB)
Deputado Wherles Rocha (PSDB)

O deputado Rocha (PSDB) foi escolhido na manhã desta terça-feira, 02, pelos membros da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul para presidir a Comissão de Desenvolvimento Regional Sustentável, Ordenamento Territorial, Habitação, Saúde, Meio Ambiente e Turismo do Parlasul.

“Estou muito orgulhoso de ter merecido a confiança dos meus pares para ocupar a presidência desta que é uma das mais importantes comissões do Parlasul e quero, através dessa plataforma, criar condições para levarmos progresso e desenvolvimento para a fronteira norte do Brasil” ressaltou Rocha.

Um dos projetos do parlamentar acreano é conduzir um projeto de implantação de energia renovável em municípios da região norte do Brasil através de investimentos do Mercosul e da  União Europeia, através da Eurolat:

“A abrangência da Comissão permitirá a implantação de projetos para a produção de energia solar e de resíduos sólidos, criando uma nova matriz energética para a região norte, o que será fundamental para que o nosso Acre reencontre o seu protagonismo econômico. Temos potencial para atrair investimentos estrangeiros e nacionais, afinal, somos o portal para a Ásia, e o Mercosul terá um papel importante nesse projeto” explicou o parlamentar tucano.

Luta pela Revalidação dos diplomas

Rocha destacou ainda que, como presidente de uma Comissão no Parlasul, terá mais condições de conduzir, junto à Comissão de Educação daquele parlamento, as discussões para a revalidação dos diplomas entre países do Mercosul. Segundo ele, “é impossível falarmos em desenvolvimento sem a capacitação da mão de obra, e o reconhecimento desburocratizado dos diplomas será uma das formas de conseguirmos suprir a demanda por profissionais qualificados” destacou o parlamentar.

“Entre os meus projetos está o de levar a Comissão a realizar reunião pública no Acre, para discutir com à sociedade civil, setores produtivos, organizações não-governamentais e movimentos sociais, as perspectivas de desenvolvimento da nossa região e a importância do Mercosul para esse processo” enfatizou Rocha.

A Comissão

A Comissão de Desenvolvimento Regional Sustentável, Ordenamento Territorial, Habitação, Saúde, Meio Ambiente e Turismo do Parlasul é o órgão responsável pela discussão e encaminhamento de propostas sobre os seguintes temas: políticas desenvolvimento e de integração sustentável; equilíbrio regional; ordenamento territorial e habitação; meio ambiente e saneamento ambiental; recursos naturais e águas transfronteiriças; flora, fauna, solo e problemas de desertificação; mudanças climáticas; políticas de promoção do turismo; saúde, alimentação e nutrição; ações e serviços de saúde pública, vigilância epidemiológica, bioestatísticas e imunizações.

A sua presidência é rotativa e, no próximo biênio, será ocupada pelo Brasil. (Assessoria)

Comentários