Rocha pede que Procuradoria Geral da República investigue irregularidades na BR-364
Rocha pede que Procuradoria Geral da República investigue irregularidades na BR-364

O deputado Rocha (PSDB-AC) entregou nesta terça-feira, (6), ao procurador geral da República, Rodrigo Janot, relatórios produzidos pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), que apontam diversas irregularidades em vários trechos da BR-364, entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, no Acre. A rodovia consumiu nos governos do PT mais de 1 bilhão de reais e até hoje não oferece trafegabilidade aos moradores dos Vales do Juruá e Yaco.

O parlamentar tucano pede que a Procuradoria Geral da República, de posse dos relatórios, inicie um processo de investigação para que, se confirmada a existência de ilegalidades, seja instaurado procedimento criminal para punir os responsáveis pelas as obras.

O governo do Acre assumiu a construção da estrada de apenas 420 quilômetros, mas o dinheiro, segundo o parlamentar, desapareceu no ralo da corrupção. Em 2015, o DNIT assumiu a recuperação da rodovia onde deverá gastar uma fortuna na estrada mais cara do mundo.

“Eu pergunto onde foram parar os outros R$ 2 bilhões que o governo do PT jogou no ralo. Hoje há um movimento no meu Estado para tentar jogar para debaixo do tapete esse que certamente é um dos escândalos de corrupção que vai se somar aos tantos outros já registrados e que envolvem governos do PT”, disse.

Comentários