Rota do tráfico: PF prende peruanos com cocaína em fundo falso de malas

Droga apreendida em fundo falso da mala que estava com jovem peruano. Alexandre Lima Em menos de 24 horas, agentes da Polícia Federal lotados nas cidades de Assis Brasil, extremo...

Droga apreendida em fundo falso da mala que estava com jovem peruano.
Droga apreendida em fundo falso da mala que estava com jovem peruano.

Alexandre Lima

Em menos de 24 horas, agentes da Polícia Federal lotados nas cidades de Assis Brasil, extremo Norte do País, conseguiram deter dois peruanos que tentavam ingressar em solo brasileiro carregando entorpecentes pela fronteira do Acre, rumo à região Sul.

A cocaína negra apreendida pelos agentes federais é considerada rara.
A cocaína negra apreendida pelos agentes federais é considerada rara.

Os policiais federais encontraram cocaína negra junto a estrutura da mala (forro). Após receber voz de prisão, o preso e a droga foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Epitaciolândia, onde foi lavrado o flagrante por tráfico internacional de drogas, para em seguida ser transferido ao presídio na Capital do Acre.

Os policiais federais encontraram o entorpecente junto a estrutura da mala (forro). Após receber voz de prisão, o preso e a droga foram encaminhados à Delegacia de Polícia Federal em Epitaciolândia, onde foi lavrado o flagrante por tráfico internacional de drogas, para em seguida ser transferido ao presídio na Capital do Acre.

Menos de 24 horas após a primeira detenção, outro caso idêntico ocorreu no posto novamente. Sendo que desta vez, o procedimento foi com uma mulher de 31 anos, identificada pelas iniciais M. L. A. C. A., que tentava entrar no País após procurar o serviço de imigração.

Também foi localizado no forro de uma das malas, cloridrato de cocaína. A mulher recebeu voz de prisão e levada para a delegacia na cidade de Epitaciolândia, onde foi elaborado o flagrante por tráfico internacional de entorpecentes.

O trabalho de desmontagem das duas malas para separar a droga, se calcula aproximadamente que, cerca de cinco quilos de cocaína foram impedidos de entrar em solo brasileiro, confirmando que o Peru ainda é um dos grandes fornecedores de drogas na América do Sul.

Maleta que estava em posse da mulher continha aproximadamente uns dois quilos de cocaína - Foto: Alexandre Lima
Maleta que estava em posse da mulher continha aproximadamente uns dois quilos de cocaína – Foto: Alexandre Lima

Comentários