Conecte-se conosco

Extra

“Saidinha de banco”: Polícia Civil prende dupla investigada por assalto na Capital do Acre

Publicado

em

 

Um trabalho investigativo da Polícia Civil do Acre , por meio da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões – DCORE prendeu D.F.D. L. de 40 anos, monitorado eletronicamente em uma residência localizada na Rua Eldorado no bairro Jorge Lavocat.

O investigado e suspeito da prática delituosa de pelo menos 02 roubos de “saidinha de Banco”, valor de R$ 22mil e 19 mil).

No momento da prisão de D.F.D. L. também foi preso em sua companhia o fugitivo da justiça de Boa Vista/RR, B.A.D.S. de 28 anos de idade.

Contra o foragido da justiça consta três mandados de prisão em aberto por crime de roubo, tráfico de drogas e de porte ilegal de arma de fogo, ocorrido no Estado de Roraima.

Os investigados foram reconhecidos por duas de suas vítimas que tiveram seu dinheiro roubado.

Os investigado foram conduzidos a delegacia para procedimento praxe e em seguida colocados à disposição da justiça.

Comentários

Extra

Polícia Civil de Xapuri prende casal que aterrorizava moradores do Bairro Sibéria

Publicado

em

Nesta segunda-feira (26), a Delegacia de Polícia Civil de Xapuri, sob o comando do titular, Delegado Gustavo Neves, por meio da equipe de investigação chefiada pelo Inspetor Investigador Eurico Feitosa, cumpriu dois mandados de prisão em desfavor de um casal que residem no bairro da Sibéria, localizado do outro lado do Rio Acre.

De acordo com a investigação, o casal é responsável pelo tráfico de drogas e por aplicar as famosas “disciplinas”, castigos dados aos inimigos, devedores e àqueles que fazem qualquer ação que atraia a policia para o bairro, como furtos e roubos na área de domínio da facção.

O primeiro a ser preso foi o R.F.R. de 29 anos, enquanto trafegava em via pública. Em seguida foi presa a jovem M.da S.L. 22 anos, que estava em casa no bairro Sibéria.

A Polícia Civil iniciou as investigações a partir de denúncia anônima, informou que a mulher estava agredindo fisicamente e ameaçando de morte às vítimas, que inclui moradores não envolvidos, se caso elas denunciassem para a polícia.

O casal também responde por outros processos criminais e integrar fações criminosas. Os presos foram conduzidos para a Delegacia de Xapuri e em seguida transferidos para o Complexo Penitenciário Francisco Oliveira em Rio Branco.

O casal agora ficam à disposição da Justiça, que poderá condená-los a longos anos de cadeia pelos crimes previstos no Código Penal Brasileiro.

Comentários

Continue lendo

Extra

Brasileiros são acusados de matar tenente da Marinha em Pando após discussão

Publicado

em

As investigações apontam para um cidadão brasileiro como autor do tiro nas costas. A Promotoria presume que a morte ocorreu em instalações da Força Naval em Santa Rosa do Abuná

A família do tenente da Marinha boliviana, Marco Yujra Baptista, enterrou o corpo na região de El Alto. Na manhã deste domingo (25), o corpo chegou a La Paz vindo de Cobija. Em lágrimas pela perda de seu ente querido, a mãe do falecido clamou por justiça. “Como eles vão atirar no meu filho desse jeito!” ele chorou ao receber o caixão.

Yujra foi morto no início da manhã de sábado, dia 24. De acordo com as investigações iniciadas pela Promotoria de Cobija, a morte ocorreu nas instalações da Força Naval de Santa Rosa del Abuná, interior de Pando.

Yujra, de 26 anos, serviu como comandante da capitania do porto de Santa Rosa del Abuná. Sua esposa morava em Cobija, enquanto sua família residia em La Paz.

Os depoimentos coletados referem-se a uma discussão entre o tenente e dois cidadãos de nacionalidade brasileira em uma boate. Mais tarde, quando Yujra estava voltando para a base naval, um dos estrangeiros se adiantou para confrontá-lo.

O promotor responsável pelo caso, José Luis Quispe, disse ao jornalista Kike Navala que “o evento teria ocorrido dentro das instalações militares”.

A autópsia realizada no necrotério do hospital Roberto Galindo em Cobija, identifica um buraco de bala nas costas como a causa da morte.

Quispe informou que o agressor fugiu e, portanto, seu paradeiro é desconhecido.

“Meu irmão foi morto com um tiro nas costas, um tiro de espingarda. As pessoas que atiraram nele fugiram. Ele estava em uma posição militar, ele estava no trabalho”, disse o irmão do faleceu uniformizado, disse.

Brasileiros são acusados de matar tenente da Marinha em Pando após discussão.

 

 

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura de Epitaciolândia lança programa de atendimento para autistas e crianças com deficiência

Publicado

em

Marco importante na história do município de Epitaciolândia foi lançado na tarde de sexta-feira, 23, o projeto Anjo Azul. A prefeitura de Epitaciolândia, através da secretaria de saúde, em parceria com o judiciário, iniciou em julho de 2022, atendimento às crianças com transtorno do espectro autista (TEA). Definido pela ciência como distúrbio do neurodesenvolvimento caracterizado por desenvolvimento atípico, manifestações comportamentais, déficits na comunicação e na interação social.

Graças à importante parceria com o poder judiciário, através da magistrada Dra. Joelma Ribeiro, o prefeito Sérgio Lopes assumiu o desafio junto às mães para que ações voltadas a esse importante atendimento fossem iniciadas. Terapias Denver e ABA passaram a ser ofertadas pela rede municipal de saúde a partir da implantação do projeto.

Tomadas por muita emoção, todos os presentes receberam os relatórios da Fonoaudióloga Fabiana Xavier, que está atuando no município desde o mês de julho. Também tiverem a informação da contratação da psicóloga Danusa Nassara, que atuará junto à essa clientela para fortalecer os atendimentos.

Hoje, o projeto Anjo Azul está atendendo cerca de 130 crianças com TEA, Síndrome de Down e outras necessidades especiais dos municípios de Epitaciolândia e Brasiléia. Em seu depoimento o prefeito Sérgio Lopes ressaltou a expectativa de, ainda em 2022, inaugurarem no município um centro de atendimento às pessoas com autista ou deficiências de desenvolvimento: o Centro de Atendimento Anjo Azul, com ações e liminares para cobertura das terapias Denver, ABA e demais necessárias.

Ressalta-se que o tratamento oportuno com estimulação precoce deve ser preconizado em qualquer caso de suspeita de TEA ou desenvolvimento atípico da criança, independentemente de confirmação diagnóstica. Os pais que identificarem a necessidade de atendimento para os filhos deverão procurar a Secretaria Municipal de Saúde de Epitaciolândia.

Comentários

Continue lendo

Em alta