Conecte-se conosco

Extra

Saúde anuncia inclusão de crianças na vacinação contra covid-19

Publicado

em

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fala sobre a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19.

O governo federal anunciou hoje (5) a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no plano de operacionalização de vacinação contra a covid-19. As primeiras doses de vacinas contra a doença destinadas a crianças de 5 a 11 anos deverão chegar ao Brasil no dia 13 de janeiro. Está prevista uma remessa de 1,2 milhão de doses do imunizante da Pfizer – o único aprovado até o momento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O Brasil receberá, no primeiro trimestre de 2022, 20 milhões de doses pediátricas destinadas a este público-alvo, que é de cerca de 20,5 milhões de crianças. O Ministério da Saúde receberá, ainda em janeiro, um lote de 3,74 milhões de doses de vacina.

“Não faltará vacina para nenhum pai que queria vacinar seus filhos”, disse o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O secretário executivo do órgão, Rodrigo Cruz, informou que outras 20 milhões de doses foram reservadas. O envio está condicionado à confirmação pelo laboratório e pelo andamento do ritmo de vacinação.

O esquema vacinal será com duas doses, com intervalo de oito semanas entre as aplicações. O tempo é superior ao previsto na bula da vacina da Pfizer. Na indicação da marca, as duas doses do imunizante poderiam ser aplicadas com três semanas de diferença.

Segundo o Ministério da Saúde, será preciso que a criança vá vacinar acompanhada dos pais ou responsáveis ou leve uma autorização por escrito.

O Ministério também recomendará uma ordem de prioridade, privilegiando pessoas com comorbidades e com deficiências permanentes; indígenas e quilombolas; crianças que vivem com pessoas com riscos de evoluir para quadros graves da covid-19; e em seguida crianças sem comorbidades.

A obrigação de prescrição médica para aplicação da vacina não foi incluída como uma exigência, conforme foi ventilado por membros do governo durante as discussões nas últimas semanas. Mas o Ministério sugeriu que os pais procurem profissionais de saúde.

Questionado por jornalistas se essa recomendação não desestimularia os pais a levarem os filhos para vacinar, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, respondeu afirmando que isso deixaria os pais mais “seguros” para decidir sobre a imunização.

Análise

Durante a coletiva, o ministro Marcelo Queiroga e seus secretários defenderam o processo de análise e definição da inclusão do público infantil no Plano Nacional de Imunizações (PNI).  A Anvisa autorizou a aplicação da vacina da Pfizer nessa faixa etária em 16 de dezembro, mas o Ministério decidiu realizar uma consulta pública e uma audiência pública antes de anunciar a inclusão hoje.

“Não há atraso. Não podemos trazer doses antes da aprovação da Anvisa. Consulta pública foi importante sim para tomada de posição do Ministério”, declarou Queiroga. “Tivemos cuidado e não foi excessivo, muito pelo contrário. Também estava no nosso radar. Nós temos uma tempestividade, o tempo correto de ser feito. E acredito que este é o tempo adequado”, acrescentou a secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19, Rosana Leite.

Marcelo Queiroga informou, ainda, que o custo total da vacinação da população de 5 a 11 anos deve ser em torno de R$ 2,6 bilhões.

O secretário executivo Rodrigo Cruz comentou que a equipe da pasta acionou a Pfizer após o anúncio da decisão da Anvisa. Um aditivo do 3º contrato foi firmado no dia 28 de dezembro, que fechou a entrega das 20 milhões de doses no 1º trimestre.

Pfizer

Em nota, a Pfizer confirmou a assinatura do contrato de aquisição das 20 milhões de doses e o início da entrega na “semana do dia 10 de janeiro”.

Assista na íntegra:

Comentários

Extra

Coluna da Maria Coutinho – Covid -19 e Síndrome Gripal

Publicado

em

Covid -19 e Síndrome Gripal

O crescimento de casos de Covid-19 e Síndrome Gripal em Brasiléia vem deixando os profissionais de saúde do Hospital Regional, em alerta na tentativa de evitar o colapso do sistema.

A vacinação…

… mostrou resultados positivos quanto observado o número de óbito. Porém, não menos importante é, a necessidade de mudanças de comportamento da população, redobrando os cuidados.

O autocuidado é indispensável.

Quando o mundo parecia acalmar e o novo “normal” surgiu, veio carregado de afrouxamento do autocuidado.

Sem muita preocupação…

…, infinitas possibilidades de consagrar o momento surgiram. Os Passeios, viagens, bares, festas, aglomerações, dispensa de máscaras e álcool, vem marcando os últimos meses.

A consciência…

…crítica para o memento delicado está sendo negligenciada por muitos, assim como o crescimento do número de casos positivos em todo o Acre.

Como se já não bastasse a Covid-19…

…um surto de Síndrome Gripal vem tomando conta do Alto Acre, sobrecarregando o hospital. A queixas de sintomas de Covid e Síndrome gripal cresce na medida em que os leitos do hospital lotam.

Os atendimentos ambulatoriais…

…congestionam o sistema, além das internações. Isso mostra a necessidade de alerta das autoridades sanitárias municipais, retomando as medidas mais severas para conter o avanço da Covid e Síndrome Gripal.

A Regional de Saúde Alto Acre capacita os profissionais.

Preocupado com o aumento de casos de covid-19 e Síndrome Respiratória, a Secretaria de Saúde e Gestão do SUS, capacitam os profissionais do H.C.R.C.

Através do Núcleo de Segurança do Paciente…

…e Educação Permanente vem reunindo cuidados no atendimento padrão, medidas de segurança, higienização e esclarecimento das notas técnicas estaduais das síndromes respiratórias e covid-19.

 

 

 

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura de Epitaciolândia paga quase 600 mil em precatórios herdados de gestões anteriores

Publicado

em

A prefeitura de Epitaciolândia, através da Secretaria de Planejamento e Finanças, vem gradualmente pagando dívidas herdadas de gestões anteriores, até agora já foram pagos cerca de 600 mil reais em precatórios referentes a dívidas trabalhistas e Credores.

Desde o mês de março do ano de 2021, o prefeito Sérgio Lopes determinou que começassem a serem pagos os precatórios mesmo antes de fazer um convênio com o tribunal de Justiça e MTB para o parcelamento das dívidas, até agora foram pagos 500 mil reais referentes a ações trabalhistas e na data de hoje mais 94 mil reais a credores via Tribunal de Justiça do Acre.

O Secretário de Finanças Antônio Rocicley, ressaltou que para poder pagar essas dívidas herdadas de gestões anteriores, foi preciso fazer muita economia e assim aos poucos sanando com esses credores que há anos esperavam por uma solução.

Já o prefeito Sérgio Lopes frisou bem que, para poder pagar os precatórios a prefeitura vem cortando gastos desnecessários e aplicando o erário público de forma correta e organizada.
“Em 13 meses de gestão já pagamos quase 600 mil reais em precatórios, isso graças ao zelo e austeridade fiscal, com isso pessoas que aguardam há anos hoje estão recebendo seus precatórios, isso é bom para ambas as partes, e além disso sabemos que esse dinheiro vai circular na cidade e aquecer a economia local gerando empregos e rendas para todos. ” Destacou o prefeito.

Comentários

Continue lendo

Extra

Bombeiros do Acre resgatam brasileiro no lado boliviano vítima de espancamento

Publicado

em

 

Um caso inusitado foi registrado na manhã desta quinta-feira, dia 20, por volta das 9h00, quando a guarnição do Corpo Bombeiros do 5°Batalhão localizada na cidade de Epitaciolândia, foi acionada para fazer o resgate de um cidadão.

Foi quando souberam que brasileiro que se encontrava desacordado e com suspeitas de agressão física na cidade de Cobija-Pando, lado boliviano. O homem que aparentava idade entre 20 e 40 anos, não portava documentos e acreditam que tenha sido agredido pela madrugada.

Outro fato que ocorre no lado boliviano, é que o hospital boliviano não recebe vítimas brasileiras sem acompanhantes, sendo necessário que a equipe de Bombeiros realizasse o resgate do mesmo, transportando a vítima até o hospital de Brasiléia.

A vítima estava desorientada e com hematomas no rosto e ainda não se sabe de outros ferimentos pela região do corpo. O homem recebeu os primeiros socorros no local e depois foi encaminhado ao Pronto Socorro de Brasileia, onde recebeu os devidos cuidados.

A guarnição dos bombeiros de Epitaciolândia teve o apoio da equipe de Bombeiros de Cobija. Somente após melhoras do homem, que não corre risco de morte, poderão saber o que ocorreu contra sua pessoa.

Comentários

Continue lendo

Em alta