Saúde Itinerante deve atender mais de mil pessoas em Xapuri

Ação, que tem equipe composta por 18 médicos, faz atendimentos na sexta-feira (12) e sábado (13), no Colégio Divina Providência, em Xapuri. Médicos especialistas do programa Saúde Itinerante vão fazer...

Ação, que tem equipe composta por 18 médicos, faz atendimentos na sexta-feira (12) e sábado (13), no Colégio Divina Providência, em Xapuri.

Médicos especialistas do programa Saúde Itinerante vão fazer atendimentos em Xapuri (Foto: Divulgação/Secretaria Estadual de Saúde)
Por Karolini Oliveira, G1/Acre

Com médicos especialistas em diversas áreas da saúde, o programa Saúde Itinerante deve atender ao menos 1,2 mil pessoas em Xapuri. A ação ocorre nesta sexta-feira (12), a partir das 14h, e no sábado (13), a partir das 8h. Cerca de 18 médicos devem atender no Colégio Divina Providência, no município.

A proposta do projeto, de acordo com a coordenadora do programa, Celene Maia, é levar atendimento médico a locais de difícil acesso, onde faltam equipes e equipamentos especializados em áreas como neurologia, otorrinaringologia, infectologia, gastroenterologia, pediatria, ginecologia e clínico geral.

__________________________

“A gente atende os municípios onde não tem especialista, também atende as comunidades isoladas e locais de difícil acesso”, disse a coordenadora.

_________________________________________

Além da equipe de médicos, o programa conta com um carro para levar equipamentos de consultas e exames como endoscopia e ultrassom. De acordo com Celene, esse ano começa com uma novidade, que é o equipamete para analisar a audição dos pacientes.

“Junto com os médicos, levamos o equipamento. Inclusive, é a primeira vez que a gente está levando uma cabine para fazer o Bera, que é aquele exame para audição, para saber como que está a audição, se a pessoa está ou não está ouvindo. Nessa hora, se for comprovada a surdez do pacinete, ele recebe um laudo do médico para que possa dar entrada no benefício”, garante.

Cidade de Xapuri (Foto: ilustrativa)

Já o preventivo do câncer do colo do útero deve demorarum pouco, pois é encaminhado para Rio Branco. Logo que o resultado fica disponível, Celene diz que é enviado para o paciente através da Secretaria de Saúde de cada cidade e, se for resultado com alteração, o médico do Saúde Itinerante faz o laudo e a paciente vai para a capital já com o agendamento para o especialista.

_________________________

A coordenadora disse ainda que a equipe do programa faz o acompanhamento dos pacientes mesmo após a visita. “O paciente só é liberado quando recebe alta de tudo”, destaca.

_____________________________________________

Para 2018, a coordenadora falou que os planejamentos de atendimento ainda estão em fase de organização, mas que a equipe deve atender municípios como Santa Rosa do Purus, Porto Walter, entre outros.

“Trabalhamos de acordo com as nossas estações, quando o rio está cheio, prioriza rio, quando para mais a chuva, vamos para os mais isolados. Vamos trabalhar na logística para ir aos locais”, finaliza.

Comentários