Conecte-se conosco

Flash

Saúde Itinerante leva atendimento ao público feminino do Alto Acre

Publicado

em

Por meio de agendamento, as mulheres de Assis Brasil, Brasileia e Epitaciolândia receberam atendimento médico especializado do Programa Saúde Itinerante, em parceria com os municípios e a Diretoria de Políticas para Mulheres (SEASDHM), seguindo o cumprimento dos  protocolos sanitários. Os atendimentos foram realizados nos dias 26 e 27.

Atendimentos estão sendo realizados em parceria com as prefeituras. Foto: Odair Leal/Sesacre

Com o objetivo de fortalecer as ações de promoção à saúde, prevenção de agravos e da disseminação da Covid-19, a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por meio da Diretoria de Redes de Atenção à Saúde e Saúde Itinerante, vem ofertando atendimentos com uma equipe multiprofissional e especializada.

“Os atendimentos foram voltados para o público feminino e, graças às parcerias, estamos conseguindo alcançar um grande número de pessoas, seguindo os protocolos de saúde em decorrência da Covid. Vamos realizar também em outros municípios do estado”, explica a coordenadora do Programa Saúde Itinerante, Rosemary Fernandes.

Além da realização de atendimento e exames, Saúde também distribui medicamentos e kits. Foto: Odair Leal/Sesacre

A Diretoria de Políticas para as Mulheres, juntamente com a Diretoria de Direitos Humanos da SEASDHM, por meio da equipe multidisciplinar, disponibilizou orientação psicológica, atendimento assistencial e orientação jurídica para as 205 mulheres que procuraram a Unidade Móvel Lilás em Brasileia. Além disso, disponibilizou segunda via do Registro Civil de nascimento, óbito e casamento, e Capacitação em Gênero e Raça.

O atendimento foi centralizado em Brasileia e realizado na Escola Kairala José Kairala. Ao todo foram feitos 733 atendimentos, sendo  35 consultas médicas (clínica geral), 15 na área de pediatria e 134 consultas em ginecologia e obstetrícia. Além de 145 atendimentos de enfermagem, 7 atendimentos do serviço social e 88 receitas dispensadas.

Já os exames, foram 111 laboratoriais, e de apoio diagnóstico: 22 ultrassonografias, 51 preventivos do câncer do colo uterino (PCCU) e um procedimento de exérese de pólipo endocervical. Para a promoção em saúde, foi realizada a distribuição de 135 kits da área de saúde bucal.

Comentários

Flash

Hospitais de 12 cidades do Acre vão receber mais de R$ 13 milhões para melhorias na saúde

Publicado

em

Por

Recursos são para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil (Rede Cegonha) em Rio Branco e outras 11 cidades do estado.

Recursos são para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil (Rede Cegonha) — Foto: Renato Araújo/GDF

Recursos são para melhorias na Rede de Atenção Materna e Infantil (Rede Cegonha) — Foto: Renato Araújo/GDF

Hospitais de 12 cidades do Acre vão receber mais de R$ 13 milhões para melhorais nos serviços de saúde oferecidos pela Rede de Atenção Materna e Infantil (Rede Cegonha). A Comissão Intergestores Bipartite (CIB-AC) divulgou a liberação do recurso no Diário Oficial do Estado (DOE) dessa sexta-feira (5).

Conforme a publicação, o recurso corresponde a portaria o Ministério da Saúde de 2012 para as ações de promoção, proteção e recuperação à saúde nas Unidades Assistenciais do estado que compõem a Rede de Atenção Materna e Infantil.

Na capital, a Fundação Hospitalar, Maternidade Bárbara Heliodora e Hospital de Urgência e Emergência (Huerb) estão entre as beneficiadas. A lista tem ainda

  • Hospital Abel Pinheiro (Mâncio Lima) – R$ 306,7 mil;
  • Hospital João Câncio Fernandes (Sena Madureira) – R$ 933,9 mil;
  • Hospital Epaminondas Jácome (Xapuri) – R$ 471,8 mil;
  • Hospital Ary Rodrigues (Senador Guiomard) R$ 117,9 mil;
  • Hospital Geral de Feijó – R$ 365,7 mil;
  • Hospital Raimundo Chaar (Brasileia) – R$ 884,7 mil;
  • Maternidade Ethel Muriel Gueddes (Tarauacá) – R$ 684,2 mil;
  • Hospital da Mulher e da Criança do Juruá (Cruzeiro do Sul) R$ 4,4 milhões;
  • Hospital Manoel Marinho Monte (Plácido de Castro) – R$ 171,3 mil;
  • Huerb (Rio Branco) – R$ 601,6 mil;
  • Fundhacre (Rio Branco) – R$ 522 mil;
  • Maternidade Bárbara Heliodora (Rio Branco) – R$ 3,7 milhões.

Comentários

Continue lendo

Flash

Programa Saúde na Comunidade se aproxima dos 30 mil atendimentos em Epitaciolândia 

Publicado

em

O programa Saúde na Comunidade chega a sua 37ª edição e já realizou cerca de 30 mil atendimentos, aos pouco foi se consolidando e ampliando com especialidade que vão de exames de ultrassonografias em mais de 12 modalidades, eletrocardiograma, consultas com médicos especialistas, dentre outros.

Para o prefeito Sérgio Lopes o programa é uma forma de levar saúde de qualidade em todos os lugares de Epitaciolândia, seja aqui na cidade ou nas comunidades mais distantes da zona rural.

“O Programa Saúde na Comunidade nasceu da necessidade de levar serviços de saúde preventiva e curativa para aquelas comunidade de difícil acesso, e hoje é o maior programa de políticas públicas em todo o estado Acre..” Destacou o prefeito.

Na 37º edição realizada na Escola Municipal João Pedro da Silva, Bairro Liberdade, foram oferecidas diversas especialidade como ortopedia, oftalmologista, eletrocardiograma, ultrassonografia, dentre outros exames

37ª Edição Saúde na Comunidade 06/08/2022 – (Escola João Pedro da Silva).

  • Atendimento médico:  105
  • Procedimento odontológico:  253
  • Procedimento de enfermagem: 357
  • Atendimento/ abordagem Psicólogo: 12
  • Vacina: 91
  • • Rotina: 61
  • • Covid: 30
  • Dispensação de medicamentos: 116
  • Auxílio Brasil:  32
  • Teste Rápido ISTs: 124
  • Teste Rápido covid: 34
  • PCCU: 17
  • Corte de cabelo:  67
  • Eletrocardiograma:  42
  • Vacina Antirrábica:  73
  • Especialidades 367
  • Ortopedia:  67
  • Cardiologia: 42
  • Pediatria: 48
  • Ginecologia: 55
  • Geriatria: 23
  • Oftalmologia: 132
  • Ultrassonografias: 251
  • Aparelho urinário: 79
  • Bexiga e próstata: 11
  • Abdômen total 79
  • Pélvica suprapúbica e transvaginal 3
  • Pélvica transvaginal 37
  • Partes moles 8
  • Tireóide 7
  • Usg de mama 7
  • Obstetrícia 14
  • Pélvica suprapúbica: 2
  • Parede Abdominal: 3
  • Região inguinal: 1
  • Total de atendimentos: 1.941

Comentários

Continue lendo

Flash

Um brasileiro e três bolivianos são detidos por organização criminosa em Cobija/Bolívia

Publicado

em

 

A polícia boliviana prendeu na tarde deste sábado, 06, três bolivianos e um brasileiro por organização criminosa e suspeição pela morte de três pessoas com disparo de arma de fogo.

De acordo com informações fornecida pelo ministro do governo Eduardo del Castillo, a organização têm provocado medo a população da capital Pandinha e com uma incansável investigação foi possível desvendar os autores do caso.

O ministro destacou em sua fala que duas das vítimas foi morto com pelo menos seis tiros de arma de fogo e o terceiro também por disparo de arma, porém, em quantidade menor segundo o relatório oficial.

Os apreendidos são os bolivianos

Angel Isaac A.

Anderson Junior L. M. A

Denis M.T

E o brasileiro é um menor de idade identificado como:

Bruno C. A.

A operação foi denominada como “Operação Fênix” e todos os envolvidos foram colocados sob o ministério público do país de forma a ser julgado de acordo com as provas apresentadas

Comentários

Continue lendo

Em alta