Estudantes do Ensino Médio da rede pública de ensino estiveram no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) na manhã desta segunda-feira, 6, para acompanhar o lançamento da segunda edição do Programa Jovem Parlamentar Acreano, que tem por objetivo a escolha de 24 jovens deputados para vivenciarem um mandato legislativo a partir do mês de agosto.

O Programa Jovem Parlamentar Acreano é uma iniciativa da Secretaria de Educação do Estado e conta com o apoio do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) na cessão de urnas eletrônicas para a realização de eleição nas escolas públicas para a escolha dos jovens deputados que irão exercer o mandato dentro da Aleac, que também é parceira da ação. Além do empréstimo das urnas eletrônicas, o TRE realiza a capacitação dos jovens eleitos.

O lançamento da edição 2019 do programa foi realizado durante uma sessão na Aleac, na qual compuseram a mesa de honra o presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior, os deputados Roberto Duarte, Juliana Oliveira e Daniel Zen, que é autor Projeto de Lei que instituiu o programa no Acre; a presidente do TRE-AC, desembargadora Regina Ferrari, a presidente do Conselho Estadual de Educação, Iris Célia Cabanellas e a representante da Secretaria de Educação do Estado, Denise Santos.

A presidente do TRE disse que considera importante o engajamento das escolas no programa, em razão do espaço para diálogos, de novas ideias e construção de uma cultura cidadã que ele proporciona.

“Conhecimento é poder. Somente através da educação é que vamos conseguir construir um mundo melhor. E qual é a educação que realmente prepara as pessoas? É a que ensina a viver em um mundo cooperativo e solidário, que se importa com a coletividade, sem esquecer do nosso dever diário que é buscar fazer sempre o melhor”, destacou a presidente.

O presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior, agradeceu o apoio do TRE e da Secretaria de Educação do Estado para a realização demais uma edição do programa. Para ele, levar jovens estudantes para dentro da casa do povo é uma experiência importante, que fará com que novos jovens entendam como funciona o poder legislativo.

Os estudantes eleitos na edição passada também prestigiaram o evento e incentivaram a participação de novos candidatos. “Tenho uma gratidão muito grande pelo que vivenciei durante minha participação como jovem parlamentar, principalmente ao TRE, que nos proporcionou um curso de formação política que levarei para toda a vida. É um conhecimento todos vocês, novos jovens parlamentares, irão adquirir também”, destacou a estudante Kalline Motovoneli.

O edital do Programa Jovem Parlamentar Acreano, com datas da eleição nas escolas, diplomação e posse dos eleitos deverá ser lançado nos próximos dias pela Assembleia Legislativa do Estado.

Comentários