Chefe da Controladoria-Geral da União diz que respostas serão realizadas de forma rápida pelo órgão

Petecão protocola pedido de investigação do esquema na PF
Petecão protocola pedido de investigação do esquema na PF

O senador Sérgio Petecão (PSD) protocolou nesta sexta-feira (3) na Procuradoria-Geral da República, Polícia Federal e Controladoria-Geral da União, em Rio Branco, pedidos de investigação sobre as denúncias já apuradas pela Polícia Civil sobre vendas de casas do programa “Minha Casa, Minha Vida”, esquema por trás do qual estariam envolvendo figurões do governo.

O parlamentar fez questão de demonstrar às autoridades das três instituições que ele mesmo não está julgando ninguém. “Estou apenas preocupado com as pessoas humildes que deveriam ser contempladas com moradias e que acabaram ludibriadas pelo esquema”, repetiu.

A romaria do senador Sérgio Petecão nas instituições federais que atuam no Acre foi uma sequência da andança dele em Brasília, em busca de apuração para um dos maiores escândalos patrocinados pelo governo do estado, mesmo ainda não tendo vindo à tona todo o esquema, conforme insinua em delação uma das acusadas, Rossandra Melo, no processo presidido pelo juiz da segunda Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre, Gilberto Matos de Araújo. Já se fala, entre outras coisas, em ameaças de morte.

No Ministério Público Federal, o senador Petecão foi recebido pelo procurador-chefe, Vitor Hugo Caldeira, que foi solene e assegurou ao parlamentar fazer caminhar a solicitação, dentro dos termos da Procuradoria da República. O procurador ouviu elogios do senador pela atuação na Operação Lava-Jato e disse estar certo de que, no caso do Acre, haverá diligência igualmente incisiva. “O Ministério Público é, atualmente, uma das instituições mais respeitadas desse país, razão pela qual trouxe aqui essa demanda”, afirmou Petecão.

No Ministério Público Federal, o senador Petecão foi recebido pelo procurador-chefe, Vitor Hugo Caldeira
No Ministério Público Federal, o senador Petecão foi recebido pelo procurador-chefe, Vitor Hugo Caldeira

O documento protocolado pelo senador Petecão no Ministério Público pede “ampla investigação” dos órgãos federais, por se tratar de dinheiro federal, “alocado no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida”. Mas o que parece comover mais o senador é o fato de o esquema fraudulento ter prejudicado pessoas humildes, cujo sonho da casa própria terminou em pesadelo. “Uma senhora de nome Juliana me ligou chorando, dizendo ter recebido a famosa mensagem do governo ganhando o parabéns por ter sido contemplada com a moradia. Sabe o que é isso? É sonho transformado em pesadelo.”

Com o superintendente da Polícia Federal, Chang Fan, e com o chefe da Controladoria-Geral da União, Luís Campos, a tratativa foi a mesma. Petecão pediu agilidade na apuração para que os culpados sejam punidos e o programa de distribuição de casas retome seu curso social, combatendo um dos índices mais franciscanos do Brasil, o déficit habitacional. “Eu não poderia ficar espiando isso de longe, como se nada tivesse acontecendo”, finalizou o senador.

Comentários