Conecte-se conosco

Geral

Servidora pública é vítima de intolerância religiosa nas redes sociais

“O que minha família e eu estamos passando já é muito difícil, e ainda temos que lidar com gente querendo colocar a ‘culpa’ na minha religião. É inacreditável”

Publicado

em

Cezar Negreiros

A servidora do Instituto Penitenciário do Acre (Iapen), Larissa Sppezápria, foi surpreendida nesse fim semana por um ato de intolerância religiosa nas redes sociais. Com dois irmãos e o padrasto enfermos por causa da covid-19, ela chegou pedir boas energias para superar as dificuldades que a sua família estava passando, quando foi questionada por um internauta com a seguinte declaração: “Cadê teus santo? kkkkkkkkk (sic)”

Em seguida, outro internauta sugere: “Pede para o Diabo te salvar e salvar a tua família, macumbeira”. A advogada Larissa Sppezápria usa a sua página pessoal no facebook para professar a sua fé na religião de matriz africana, pois congrega na Tenda de Umbanda Luz da Vida.

Sempre compartilha conteúdos sobre o sincretismo religioso, com o objetivo de combater o preconceito de determinados setores conservadores das comunidades cristãs fundamentalistas. Disse que não consegue entender o quanto as pessoas podem ser ruins. “O que minha família e eu estamos passando já é muito difícil, e ainda temos que lidar com gente querendo colocar a ‘culpa’ na minha religião. É inacreditável”, desabafou.

Diante das agressões patrocinadas pelos internautas, o Instituto Ecumênico Fé e Política do Acre (IEFP/AC) emitiu uma nota lamentando os ataques de cunho religioso. O documento faz a seguinte ressalva: “Firmado no respeito, na valorização e no fortalecimento do diálogo inter-religioso como base de uma sociedade justa e democrática, o IEFP/AC vem a público externar seu mais veemente repúdio ao ataque insano dirigido contra a Filha de Santo Larissa Sppezápria, da Tenda de Umbanda Luz da Vida, ocorrido na última sexta-feira (dia 21)”.

“Por este motivo, foi violentamente atacada nas redes sociais por pessoa movida pelo ódio e pela intolerância. Atos daquela espécie merecem o repúdio das pessoas de bem, que buscam construir a paz e a fraternidade”, destaca a nota. O Instituto encerra pedimos que as autoridades competentes façam justiça e que o crime cometido seja reparado. E assim, a sociedade possa dar mais um passo rumo à liberdade e à dignidade humana. “Força Larissa, Vida e Paz a Tenda de Umbanda Luz da Vida e a todos os focos da Luz Divina neste planeta!”

Comentários

Geral

Homem em posse de faca, agride irmã, esposa e a própria mãe em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Mais um caso de violência doméstica foi registrado em Cruzeiro do Sul. Na manhã desta quarta-feira (06), um homem agrediu a mãe, a irmã e a esposa no bairro da Cohab.

De acordo com informações da Polícia Militar, ele estava sob efeito de bebidas alcoólicas e, possivelmente, entorpecentes. O agressor se trancou sozinho em um quarto portando uma arma branca.

O grupamento tático da PM fez a intervenção com uso de uma arma de condutividade elétrica e a situação foi controlada.

O homem foi encaminhado para a delegacia, sob a acusação de violência doméstica.

Comentários

Continue lendo

Geral

Mulher é morta a facadas, degolada e tem corpo jogado em quintal

Publicado

em

A Polícia Civil de Plácido de Castro, município distante 95 quilômetros da capital acreana, atua elucidação de mais um feminicídio ocorrido na região de fronteira. A vítima, Tamires Rodrigues, 31 anos, foi assassinada a facadas e degolada, supostamente na madrugada desta quarta-feira (6).

O corpo foi deixado no terreno da casa onde a mesma morava no bairro Manchete e removido para o Instituto Médico Legal (IML) de Rio Branco.

De acordo com as informações da polícia, Tamires já tinha cumprido pena no presídio da capital e gozava de liberdade no regime aberto. Era mãe de uma filha de 2 anos e morava sozinha numa casa alugada.

Por volta de 6h da manhã de hoje, um vizinho percebeu que a mesma estava caída no quintal da casa onde morava e descobriu que a mesma estava morta.

A Polícia Civil avisada do ocorrido e constatou que o cadáver apresentava várias perfurações de arma branca e tinha sido degolada.

A motivação para um crime tão violento ainda é desconhecido pela polícia.

Comentários

Continue lendo

Geral

Polícia Civil apreende mais de 3 quilos de cocaína em caixa de som que seria enviada para Minas Gerais

Publicado

em

Ascom/Polícia Civil do Acre

Na tarde da última terça-feira, 5 de julho, a Polícia Civil do Acre, por meio da Delegacia de Repressão ao Narcotráfico (DENARC), apreendeu 3,100 kg (três quilos e cem gramas de cocaína), que estavam acondicionadas em barras e escondidas dentro de uma caixa de som.

O aparelho de reprodução sonora seria enviado, via Correios, a cidade de Belo Horizonte-MG.

A localização do entorpecente só foi possível graças ao cachorro Policial Duke do Núcleo de Operações com Cães (NOC) que farejou a droga e apontou o local onde o entorpecente estava amufambado.

O trabalho investigativo conta com a parceria dos Correios onde há ação de intensa de fiscalização a ilícitos.

As investigações serão continuadas com o objetivo de identificar outros atores envolvidos.

A ação faz parte da “Operação Narco Brasil” que teve início em 27 de junho em todo o Brasil e se encerra nesta quarta-feira, 06 de julho de 2022.

Comentários

Continue lendo

Em alta