Sindmed-AC entrará na Justiça Trabalhista para cobrar as verbas trabalhistas dos médicos demitidos

O Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) entrará na Justiça do Trabalho para cobrar as verbas trabalhistas de todos os médicos demitidos pelo governo do Estado. A decisão é baseada na garantia de proteção e preservação dos direitos garantidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

O presidente do Sindmed-AC, Ribamar Costa, afirmou que o profissional receberá apoio jurídico gratuito da entidade.

“A diretoria está sensível aos acontecimentos e prestará todo o apoio necessário aos médicos”, afirmou o sindicalista.

Para requerer os direitos trabalhistas, o profissional deverá procurar o Sindicato. A busca pela entidade é necessária para que o setor jurídico analise cada caso e para que possa ter acesso ao histórico funcional do trabalhador com o objetivo de verificar qual será o valor a ser reivindicado em cada processo.

“Esse processo trabalhista será individual e cada pessoa deverá apresentar o tempo em que trabalhou no contrato provisório para que possamos ter os cálculos e para que possamos cobrar aquilo que o associado tem direito, ou seja, é vital que o médico procure nosso Sindicato para dar as informações para que o advogado possa ser autorizado a agir”, finalizou Ribamar Costa.


Da Assessoria

Comentários