Sesacre diz que houve erro e que vai pagar, mas ainda não sabe se será em folha suplementar ou normal

Uma comissão do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre (Sintesac) reuniu-se na manhã de segunda-feira (29) com secretário de Estado de Saúde em exercício, Rui Arruda, para cobrar o pagamento de plantões trabalhados no mês de agosto que ainda não foram pagos. Ao todo, mais de 700 servidores foram atingidos em todo o Estado.

O presidente da comissão provisória do Sintesac, João Batista Ferreira dos Santos, juntamente com os apoiadores, Adailton, Jesus, Francinete e Alesta, se reuniu com o representante da Sesacre para reivindicar o pagamento imediato dos plantões trabalhados e sem pagamento. O corte frustrou os trabalhadores e os deixou em situação difícil sobre os compromissos financeiros.

Rui Arruda assumiu ter sido um erro na geração da folha de pagamento e que atingiu o estado inteiro, mas revelou que serão feitos os pagamento de todos os valores. Arruda se comprometeu a resolver a situação até quinta-feira (1), definindo se o pagamento será em folha suplementar ou no pagamento de setembro.

No dia marcado para a definição da forma como será o pagamento cortado, o Sintesac vai realizar uma Assembleia Geral no auditório da Fundhacre. Um estado de greve pode ser declarado caso o governo continue com esses desrespeitos aos trabalhadores e aos seus direitos.

Comentários