Rota de taxis do interior na Capital gera polêmica

100915-politica-taxis-tvgazeta_410_305

agazeta.net

A situação dos taxistas lotação que prestam o serviço na rota entre os municípios do interior e Capital se transformou em fonte de debates e acusações entre vereadores da base do prefeito de Rio Branco e deputados de oposição.

O deputado Jairo Carvalho, do PSD, foi duramente atacado pelo líder do prefeito na Câmara, vereador Gabriel Forneck, que chegou a chamar o trabalho do parlamentar de “aberração”.

“Enquanto eu estiver no parlamento não vou aceitar que faça esse tipo de aberração com nossas leis. Quem muda as normas no município é a prefeitura e os deputados deveriam procurar seu lugar”, atacou.

O deputado virou alvo de críticas depois de insinuar que vai pedir ao prefeito Marcus Alexandre alterações na lei para beneficiar os taxistas lotação.

A vereadora do PSD, Lene Petecão, entrou em defesa do colega de partido. Disse que qualquer ação da oposição logo é vista como “aberração” porque a Frente Popular “sempre acha que sabe tudo”.

“Quer dizer que o presidente da Assembleia Legislativa andando com o prefeito e falando de melhorias para Rio Branco não é aberração. Só vale quando é alguém da oposição”, rebateu.

Os taxistas lotação estão revoltados e prometem até fechar as estradas que dão acesso à Capital se a prefeitura mantiver a promessa de impedir que eles circulem com passageiros nas ruas.

Na outra ponta da discussão estão os taxistas, que também preparam um movimento para evitar que os carros lotação circulem com passageiros quando entrarem em Rio Branco.

Comentários