Conecte-se conosco

Acre

Temendo prisão, defesa de Alda Radine impetra pedido de habeas corpus preventivo no TJAC

Publicado

em

Após passar a investigada por fraude processual, lesão corporal e denunciação caluniosa, no caso do atentado contra a vida do estudante de medicina Flávio Endres de Jesus Ferreira, ocorrido na madrugada do dia 28 de novembro passado, a sargento Alda Radine Nery, da Polícia Militar do Acre, impetrou um pedido de habeas corpus preventivo no Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) que ainda não foi julgado.

A medida, de acordo com a defesa da militar, visa se antecipar a um eventual pedido de prisão pela delegada Carla Ívane de Britto, responsável pelo desmembramento do inquérito original que terminou com o indiciamento do sargento Erisson Nery, marido de Alda, por tentativa de homicídio contra o estudante, que foi atingido por quatro tiros disparados pelo militar, e pela abertura de uma nova apuração referente à conduta da sargento.

No novo inquérito, a Polícia Civil investiga os fatos decorrentes das declarações feitas por Alda Radine, inclusive com um registro de boletim de ocorrência por crime de importunação sexual e agressão física que teria sofrido do estudante antes dele ser baleado. No entanto, as investigações comprovaram, por meio da análise de imagens das câmeras de monitoramento do local, que ele não se aproximou dela em nenhum momento.

Outra averiguação da polícia é relacionada a uma possível lesão corporal praticada pela militar contra a vítima, uma vez que testemunhas informaram e vídeos analisados demonstraram que após o estudante ter sido baleado por Erisson Neri, a sargento Alda saiu da parte interna do bar e desferiu uma garrafada e alguns chutes contra o estudante que estava desfalecido no chão da rua em frente ao estabelecimento.

Ainda há contra a sargento Alda Radine a investigação relacionada à arma com a qual o sargento Neri atirou em Flávio Endres. Nesse caso, a Polícia Civil apura um possível crime de fraude processual em razão do desaparecimento da pistola que foi tirada pela militar das mãos da outra mulher de Neri, a administradora Darlene Oliveira, não tendo sido mais localizada.

A delegada Carla Ívane, que é a titular da Delegacia de Brasiléia, informou ao ac24horas que após ter sido apartado do inquérito original, o procedimento relacionado à sargento Alda Radine será repassado ao delegado Luís Tonini, titular da Delegacia de Epitaciolândia, que será o responsável pela conclusão dos trabalhos. Ela conduziu o caso do sargento Neri porque Tonini estava de férias no período dos fatos.

A advogada Helane Christina, representante de Erisson e Alda Neri, disse à reportagem que está analisando as filmagens completas das câmeras de monitoramento que constam na investigação da Polícia Civil para decidir quais os próximos passos a serem tomados. Depois disso, a sargento deverá ser apresentada ao delegado Luís Tonini para a sua oitiva, que ainda está pendente, mas que deve ocorrer neste mês de janeiro.

“O IPL (inquérito) relativo ao Nery aparentemente foi concluído e estou analisando as filmagens completas para decidir quais os próximos passos iremos tomar. Quanto à Alda, há apenas um inquérito em aberto pendente a oitiva dela, à qual iremos após termos acesso a cópia do inquérito e concluir a análise das imagens, que é extensa, para apresentá-la ainda este mês. Trata-se apenas de um procedimento investigatório ainda”, informou.

De volta às redes

Após ter anunciado que se afastaria por algum tempo das redes sociais, no fim de novembro, logo após o sargento Neri ter tido a sua prisão preventiva decretada, a sargento Alda voltou a se manifestar nesta quinta-feira (6) por meio do Instagram. “Não tem como ser importante e transformador para alguns, sem ser uma piada e constrangimento para outros”, disse na postagem que teve mais de uma centena de manifestações positivas.

Sargento Nery

Com o inquérito finalizado e remetido ao Poder Judiciário, o sargento Nery foi indiciado por tentativa de homicídio qualificada pela impossibilidade de defesa da vítima e por motivo fútil, bem como também foi indiciado por lesão corporal grave. O processo já tramita no Tribunal de Justiça do Acre e deverá em breve ter a manifestação do Ministério Público a respeito da denúncia ou não do militar.

Comentários

Acre

Prefeitura recupera ramal do Km 12 e inicia serviços no Km 14

Publicado

em

O prefeito Sérgio Lopes, acompanhado do Vereador Nego, que também responde pelo Departamento de Obras e Serviços de recuperação ramais, estiveram visitando os serviços de recuperação do Ramal do Km 12 nesta terça-feira dia 18.

A prefeitura está aproveitando os dias de sol para avançar na reabertura eempiçarramento a fim de garantir tráfego durante o período das chuvas.

Segundo Informou o diretor de Campo Vereador Nego, os serviços estão bemavançados e já nesta quarta inicia a recuperação do ramal e da ponte do Km 14.

O Prefeito Sérgio Lopes ao visitar os serviços aproveitou para conversar com osprodutores rurais daquela localidade que estão muito satisfeitos com a ação porparte da prefeitura.

“Sinto-me lisonjeado em receber por parte dos produtores elogios pelo trabalhofeito, más esses serviços só é possível por termos uma equipe aguerrida quetrabalha dia e noite e até aos domingos se preciso for, para realizar os serviçosnecessários e assim garantir o trafego aos nossos produtores.” Destacou oPrefeito Sérgio Lopes.

Fotos Wesley Cardoso:

Comentários

Continue lendo

Acre

Estado garante retorno de exames de raio-X para Porto Walter

Publicado

em

Uma das regiões de mais difícil acesso do Acre, Porto Walter é prova do compromisso da gestão de Gladson Cameli com a saúde da população. No início desta semana, seus quase 13 mil moradores foram diretamente beneficiados com o retorno de exames feitos com o único aparelho de raio-X do município.

Investimentos da gestão de Cameli mostram os significativos avanços dos serviços de saúde oferecidos aos acreanos. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Para os portowaltenses, que ficam distantes 70 quilômetros de Cruzeiro do Sul, cidade onde se concentra a maioria dos serviços de saúde do Vale do Juruá, o benefício tem valor imensurável, pois minimiza as dificuldades impostas pelo isolamento.

Porto Walter volta a contar com os benefícios de moderno aparelho de raio-X, que passou por manutenção realizada pela Sesacre. Foto: cedida

“A saúde tem sido um dos grandes desafios do nosso governo, mas com muita dedicação e empenho estamos mudando esse quadro. A população do Juruá merece o melhor e esse é o foco do nosso trabalho”, declarou o governador Cameli.

Com serviços de manutenção avaliados em mais de R$ 31 mil, o dispositivo de última geração estará disponível 24 horas aos pacientes, para a emissão de imagens digitais, garantindo mais precisão no diagnóstico e auxílio no tratamento de doenças.

Catiana Rodrigues, coordenadora regional da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), salienta que as barreiras do isolamento são quebradas com ações de governo que permitem à população usufruir dias melhores. A coordenadora também destaca os esforços da titular da pasta, Paula Mariano, para promover saúde aos povos mais isolados do estado.

Gestora estadual de Saúde tem garantido assistência às regiões mais isoladas do estado. Marcos Vicentti/Secom

“Paula Mariano tem sido incansável para atender todas as demandas solicitadas pelos gerentes das unidades hospitalares do Estado. Em nossos planejamentos, traçamos caminhos para que a melhoria dos serviços chegue à população, como aconteceu com a unidade mista de Porto Walter, que volta a contar com moderno dispositivo para atender aos pacientes”, pontuou.

A unidade realizou, em 2021, mais de quatro mil atendimentos de urgência e emergência, ambulatoriais, de  radiologia, testagem para covid-19, de assistência psicológica, social e outros.

Fotografia feita pelo aparelho de raio-X de Porto Walter. Somente em 2021, foram realizados mais de quatro mil atendimentos médicos na unidade mista do município. Foto: cedida

Comentários

Continue lendo

Acre

Polícia Civil investiga contas falsas em redes sociais para atacar honra de prefeito de Assis Brasil

Publicado

em

Prefeito Jerry Coreia e o vice Reginaldo Martins no dia da posse – Foto: arquivo/secom

A Procuradoria Jurídica do município de Assis Brasil ingressou com pedido de investigação contra contas falsas no Facebook e Instagram criadas para atacar a gestão e honra do prefeito e vice-prefeito de Assis Brasil. Os perfis investigados são contas falsas denominadas Zé de Assis, The Focus e Tríplice.fronteira_emtemporeal.

Segundo o Código Penal os criminosos uma vez identificados podem pegar até um ano de reclusão. A Constituição Federal defende a liberdade de expressão, mas veda o anonimato.

Segundo o Procurador Jurídico do município, Giordano Simplício, hoje em dia esse tipo de crime tornou-se fácil de identificar seus autores, por conta dos avanços tecnológicos e o treinamento especializado dos agentes.

“É bom lembrar que comete crime tanto quem cria perfis falsos como quem compartilha esse tipo de ilícito. Já existe no Acre uma Delegacia especializada em crimes cibernéticos”, disse o procurador.

Comentários

Continue lendo

Em alta