Parlamentar conheceu de perto ações e projetos da atual gestão, e confirmou apoio com a destinação de emendas.

O senador da República Gladson Cameli visitou o Tribunal de Justiça do Acre, com o fito de conhecer programas e projetos desenvolvidos pela atual gestão.

Coube ao vice-presidente, desembargador Francisco Djalma, receber o parlamentar, em encontro marcado pelo interesse mútuo de se atender melhor aos anseios da população, e contribuir para o fortalecimento das ações da Magistratura Estadual.

Em um primeiro momento, as autoridades participaram de uma apresentação do projeto de implementação da infraestrutura do Parque Ecológico, que será construído na Área de Preservação Ambiental (APA), afetada à Administração do TJAC por meio do Decreto Estadual nº 4.234/2016.

Projeto semelhante também será executado na área ambiental localizada na Cidade da Justiça de Cruzeiro do Sul.

Os trabalhos foram pela Gerência de Qualidade de Vida (Gevid), com a condução da titular Diana Braga, e a contribuição da técnica Vera Gurgel e de Gottfried Schmitz.

Os profissionais explicaram os detalhes do projeto, tecendo considerações sobre a complexidade do processo de implementação da infraestrutura necessária, já que a ideia é causar o mínimo impacto ambiental, e possibilitar a recuperação de áreas eventualmente degradadas, proteção dos cursos d´água, de espécimes da fauna e flora, etc.

Dentre outras atrações, a equipe destacou a criação de trilhas ecológicas; a urbanização de uma pequena área destinada ao Parque; e a implantação de viveiros de mudas arbóreas para reflorestament

o. E também assinalou a necessidade de apoio financeiro e institucional.

“Vocês estão de parabéns por esta iniciativa. Percebe-se que são pessoas qualificadas, de potencial, que estão à frente de um projeto tão relevante não só para o Tribunal de Justiça, mas também para a sociedade. Contem comigo, vamos avançar, quero acompanhar, auxiliar e conhecer de perto essa APA”, disse o desembargador Francisco Djalma.

Já o senador Gladson Cameli salientou que precisa ser oficialmente provocado, a fim de que possa buscar mecanismos e recursos, junto ao Governo Federal, e aos Ministérios do Meio Ambiente e da Integração. Ele demonstrou interesse e boa vontade em contribuir com ambos os projetos.

Ações do Projeto Cidadão

Em seguida, o vice-presidente e o parlamentar se reuniram com a equipe da Diretoria de Gestão Estratégica (Diges). Nesse caso, a pauta foi sobre as ações do Projeto Cidadão, cuja execução depende de parcerias institucionais e recursos, sobretudo no interior do Estado – que exige maior logística e melhor operacionalização.

A titular da Diges, Socorro Machado ressaltou que o Projeto Cidadão foi retomado pela atual gestão, e vem sendo executado em diversos municípios. Ainda segundo ela, a ideia é alcançar localidades ainda não contempladas com a iniciativa, na perspectiva de se estabelecer maior aproximação entre o Poder Judiciário e a população.

Outro projeto apresentado foi o “Casa de Justiça e Cidadania”, que seria implementado na Cidade do Povo. A ação permitiria que as pessoas tivessem acesso a diversos serviços, como conciliação e mediação; programas de Proteção à Criança e ao Adolescente; orientação jurídica voluntária; informações de utilidade pública, etc.

Gladson Cameli disse que está à disposição para colaborar com os dois projetos, e que envidará esforços nesse sentido.

Visita à decana da Corte

O senador visitou por último o gabinete da desembargadora Eva Evangelista, decana da Corte de Justiça Acreana.

O rápido encontro, além do caráter amistoso e institucional, também abordou as ações do Programa Justiça Comunitária do Tribunal, reconhecido com um dos mais importantes já desenvolvidos no Estado do Acre.

GECOM – TJAC

Comentários