Equipes do Corpo de Bombeiros seguiram para a região de Fortaleza do Abunã, distrito de Porto Velho, na manhã deste domingo (14) para realizarem buscas por dois homens e uma criança que desapareceram nas águas do rio após uma canoa afundar no sábado (13).

Segundo apurou o RONDONIAGORA, havia cinco pessoas na pequena embarcação, que acabou virando e duas conseguiram se salvar. A criança João Miguel, de 3 anos, o pai dele, Francisco Sobrinho e ainda Raimundo Cavalcante, se afogaram. O corpo do menino já foi encontrado.

De acordo com o administrador da localidade, Francisco Nunes de Oliveira, a mãe e a avó da criança disseram à Polícia, que ninguém percebeu que a canoa estava alagando rapidamente. Francisco, pai do menino que morreu, é pescador profissional.

Comentários