Adriano e Cássio foram condenados pelo crime de homicídio ocorrido em outubro de 2017.

Um crime ocorrido no mês de outubro de 2017 na cidade de Brasiléia, teve seu desfecho perante a Justiça no início da noite desta quinta-feira, dia 19, quando o juiz de direito, Doutor Clovis Lodi, leu a sentença onde condenou dois dos envolvidos na morte de Otávio Alves Ferreira, na época com 26 anos.

O crime ocorreu na quadra esportiva do bairro Samaúma durante o dia, quando os acusados chegaram armados e efetuaram vários disparos, acertando seis contra a vítima que ainda chegou com vida no hospital de Brasiléia, mas, não resistiu e foi a óbito.

Juiz de direito, Dr Clovis Lodi presidiu o julgamento e leu a sentença após 10 horas.

Até dia 24 do mesmo mês, três pessoas foram detidas e eram os principais suspeitos de praticarem aos menos dois homicídios utilizando arma de fogo, sendo um deles, o de Otávio. O trio foi transferido para o presídio FOC na Capital onde esperam o julgamento.

Dos três, apenas dois foram julgados pelo crime de Otávio; Adriano Silva dos Santos (20) e Cassio Nascimento (21). O julgamento durou cerca de 10 horas e o júri composto por sete pessoas, concluiu que ambos seriam culpados pelo crime.

Adriano foi sentenciado a cumprir 16 anos e 8 meses. Já Cássio, foi condenado a cumprir 23 anos e 4 meses, ambos em regime fechado no presídio estadual na Capital. A promotoria concordou com as decisões dos jurados e a defesa, disse que irá recorrer.

Matérias relacionadas:

Homem é executado com cinco tiros quando jogava bola na cidade de Brasiléia

Polícia Civil prende trio acusado de praticar homicídios em Brasiléia

Comentários