No entanto, o batalhão ainda não tem data oficial para começar a atuar na região fronteirista

Coronel Ulysses/Foto: reprodução

Em entrevista neste fim de semana, o governador Gladson Cameli (Progressistas), confirmou que o seu comandante escolhido para assumir o batalhão de fronteira do estado do Acre, será o coronel da Polícia Militar, Ulysses Araújo, do PSL, que disputou as últimas eleições estaduais de 2018 para o governo.

Questionado pela reportagem sobre a veracidade das informações que circulam não meios de comunicação, Cameli foi preciso e direto na resposta:

“Ulysses será o comandante do batalhão de fronteira”, declarou, deixando claro que todas as ações de Polícia nas áreas de fronteiras passarão pela supervisão de Araújo.

No entanto, o batalhão ainda não tem data oficial para começar a atuar na região fronteirista. Contudo, garantiu que provavelmente no segundo semestre já estará instalado.

“No segundo semestre será entregue novas viaturas de polícia, armamento e iremos inaugurar o batalhão de fronteira para combater o narcotráfico e contrabando de armas”, destacou em entrevista realizada na solenidade de comemoração ao Dia do Bombeiro.

Comentários