Da redação, com Gina Menezes

Em entrevista coletiva concedida na manhã de quarta-feira (26), no gabinete civil, o governador Tião Viana anunciou que estuda a possibilidade de decretar estado de emergência no Acre devido ao isolamento causado pela cheia do rio Madeira.

A sub-secretária de Comunicação, Andrea Zíllio, afirmou que o governador Tião Viana estuda a possibilidade devido ao aumento no nível do rio e à perspectiva de interdição definitiva da BR 364, que liga o Acre ao restante do país.

Rio Madeira cobre parte da BR-364/Foto: Facebook/Jorge Viana
Rio Madeira cobre parte da BR-364/Foto: Facebook/Jorge Viana

Com o isolamento do Acre via terrestre, o estado poderá sofrer desabastecimento de gêneros alimentícios, gasolina e até remédios.

Na manhã de quarta-feira (26), o rio Madeira estava na cota de 18, 53 m.

Comentários