Conecte-se conosco

Extra

Vacina 100% nacional começa a ser aplicada

Publicado

em

Imunizante é produzido pela Fiocruz em parceria com a AstraZeneca e o laboratório Oxford. Segundo o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, a etapa representa a liberdade do país em relação a produção de vacinas.

O Ministério da Saúde aplicou nesta terça (22) as primeiras doses da vacina contra a Covid-19 produzida no Brasil. O imunizante é da fabricante AstraZeneca, mas é inteiramente produzido em solo brasileiro, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Ao todo, a Fundação tem 550 mil doses prontas para a entrega. O Ministério da Saúde aguarda o envio do primeiro lote para realizar uma reunião com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais (Conasems) para definir como será a distribuição para os Estados e o Distrito Federal.

Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, essa etapa representa a liberdade em relação à produção de vacina com o IFA nacional e uma aposta no fortalecimento do complexo econômico e industrial da saúde. “Essa é a vacina que tem o menor custo. O Governo Federal investiu R$ 1,9 milhões para a encomenda tecnológica e hoje nós podemos ter uma vacina segura, bastante eficaz, bastante efetiva e que, no Brasil, tem tido resultados extraordinários. Então, com a nossa potente campanha de vacinação, nós temos certeza que vamos vencer a pandemia da Covid-19”

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária aprovou no dia 7 de janeiro o registro do ingrediente farmacêutico ativo (IFA) da vacina da AstraZeneca. A vacina da Fiocruz está autorizada no Brasil desde 17 de janeiro do ano passado e recebeu o registro definitivo em março de 2021.

A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, ressaltou a ampla rede de apoio que se formou para a prospecção, avaliação e suporte à implementação da encomenda tecnológica que permitiu a produção e, posteriormente, a transferência de tecnologia que se completa com a vacina 100% nacional. “A conquista de hoje tem importância fundamental não só para a nossa instituição mas, sobretudo, para o nosso país.”

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) emitiu nesta segunda (21) uma nota felicitando a Fiocruz pelas primeiras vacinas contra a Covid-19 100% nacionais. Segundo a instituição, “o desenvolvimento da nova vacina nacional contra a Covid-19 inaugura uma etapa de avanço na superação da pandemia no Brasil e no mundo”.

O presidente da CNS, Fernando Pigatto, destacou o papel estratégico desempenhado pela a Fiocruz e comprometimento da instituição com a saúde pública “É um motivo de muita alegria e satisfação nós estarmos celebrando esse momento, cumprimentando também os trabalhadores da Fiocruz, a quem tem a ciência como prioridade.”

Ao todo, o Ministério da Saúde contratou 105 milhões de doses da vacina da instituição para este ano, sendo 45 milhões de doses da vacina nacional. A Fiocruz já produziu um quantitativo de IFA nacional equivalente a cerca de 25 milhões de doses de vacina, das quais envasou 2,6 milhões de doses, incluindo as 550 mil já disponíveis. As demais (cerca de 2 milhões) estão em diferentes etapas para liberação.

Investimentos na saúde

Durante a coletiva, Queiroga afirmou que o Governo Federal já investiu cerca de R$ 33 bilhões no combate à pandemia. Ele também afirmou que 430 milhões de doses da vacina foram distribuídas e o Brasil tem mais 500 milhões de doses asseguradas até o fim do ano. “Temos a certeza de conter o caráter pandêmico da Covid-19.”

Segundo a infectologista Joana D’arc, a imunização com o esquema completo ainda é a melhor forma de combater a Covid-19. “O que se tem observado no mundo todo é que as pessoas que têm morrido ou que estão em unidades de cuidados intensivos, na maioria dos países, são as pessoas não imunizadas ou que não completaram o esquema vacinal”, ressalta.

A presidente da Fiocruz também destacou o papel que o Brasil passa a ter no nível global de combate à doença. “Hoje, com os estudos de efetividade das vacinas utilizadas no Brasil através do Programa Nacional de Imunizações, o Brasil poderá dar mais contribuições para a saúde pública do país e em nível global.”

Comentários

Extra

Bloco Rolinhas do Coronel é sucesso após dois anos

Publicado

em

O Carnavale edição 2022 trouxe muito mais que alegria, como também a irreverencia dos foliões que gostam de participar do bloco mais antigo na ativa em Brasiléia, o Rolinhas do Coronel, que teve início nos anos 90 do século passado.

Para uns, uma realização e para outros, apenas uma brincadeira de poder pegar um vestido e exagerar na maquiagem, para fazer caras e caretas pelas avenidas e ruas da cidade de Brasiléia.

Com nos anos anteriores, foi um sucesso. A concentração foi na parte alta da cidade e cerca de uma hora depois, terminou na praça Ugo Poli, no centro de Brasiléia. Famílias vão para frente de suas casas para ver o bloco passar, enquanto outras participam.

O retorno da maior festa do Município que recebe turistas de várias cidades do Estado, de Rondônia, Bolívia e Peru, fomentou o comercio da fronteira. A prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem agradeceu o apoio do Governo do Acre no evento.

VEJA VÍDEOS E IMAGENS ABAIXO:

Comentários

Continue lendo

Extra

Prefeitura e Iteracre entregam títulos de propriedades para 756 famílias em Epitaciolândia

Publicado

em

Aconteceu nesta sexta dia 01 de julho, a entrega de 756 títulos de propriedades para moradores do Bairro José Hassem. Agora os moradores vão ter um documento que da toda segurança para sua propriedade.

A entrega desses títulos aconteceu graças ao esforço de servidores da prefeitura, Iteracre e cartório que somaram forças para acelerar o processo e entregar em tempo recorde o documento.

O evento contou com as presenças do prefeito Sérgio Lopes, vereadores no ato representado pela parlamentar Lucimar Souza, a “Preta”; do presidente da Associação de Moradores, José Barbosa, o “Lenon”; e do presidente do Imac, André Hassem.

Também estiveram presentes o presidente licenciado da Federação da Indústria do Acre (Fieac), José Adriano; André Hassem Presidente do IMAC, o presidente do Iteracre, Alírio Wanderley Neto; a cartorária de Epitaciolândia, Valéria Aquino; e, representando o governo do Estado, o secretário-chefe da Casa Civil, Jhonatan Donadones.

Falando em nome dos vereadores Lucimar de Souza (Preta) enalteceu os esforços de todos, principalmente da equipe da prefeitura para que esses títulos fossem entregues para aos moradores do Bairro José Hassem.

“Hoje é momento de gratidão, quase todos os moradores do Bairro José Hassem inclusive minha mãe estão recebendo o titulo definitivo de suas propriedades, e aqui nesta ocasião quero parabenizar ao prefeito Sérgio Lopes que não mediu esforços e deu todo o apoio para o pessoal do ITERACRE para que todos os trâmites ocorressem em tempo hábil e hoje estamos aqui recebendo esse benefício.”

Ao fazer o uso da fala a Cartorária Valéria Aquino enalteceu empenho do prefeito Sérgio Lopes e de toda sua equipe para que esses títulos fossem entregues.

“Se fala muito em esforços para que esses títulos fossem entregues, más quem teve a coragem e todo empenho foi o prefeito Sérgio Lopes que abraçou essa causa e colocou sua equipe em campo, eles não mediram esforços para que fosse possível entregar esses documentos, agora vocês tem um titulo de verdade que da total segurança de suas propriedades.” Enfatizou Valéria Aquino.

Sérgio Lopes homenageou todos os envolvidos nessa força tarefa para a entrega dos 756 títulos de propriedade aos moradores.

“Aqui estamos homenageando todos os que incansavelmente trabalharam para que hoje esse feito pudesse acontecer, essa é uma forma de reconhecer o trabalho do ITERACRE, da Cartorária Valéria Aquino e equipe, e do nosso pessoal do Setor de Cadastro e tributação, hoje os moradores do Bairro José Hassem podem contar com um documento real, que dá toda segurança e possibilita a abertura de financiamentos para uma reforma ou ampliação de suas casas, a todos os envolvidos o nosso muito obrigado.” Salientou Sérgio Lopes.

Comentários

Continue lendo

Extra

Araketu, Margareth Menezes, Cobras Dance e Álamo Kário levantam multidão no segundo dia de folia em Brasiléia

Publicado

em

 

O segundo dia de folia do carnaval fora de época, o Carnavale realizado pela prefeitura de Brasiléia, levou uma multidão de quase 20 mil pessoas para a praça Ugo Poli, na cidade de Brasiléia.

As expectativas, apesar do imprevisto que resultou no cancelamento da banda Babado Novo, foi superado e as atrações para o sábado; Araketo, Margareth Menezes como shows nacionais e acompanhadas das locais como, Dj’s, Cobras Dance e Álamo Kairo, não deixou que os foliões ficassem parados.

A simpatia do cantor e compositor Dan Miranda que agora está à frente da Banda Araketu, mostrou seu talento e lembrando dos grandes hits, além dos novos, fazendo todos pular e dançar. Margareth Menezes relembrou seus antigos sucessos em seguida e o fechamento foi com o cantor Álamo Kario.

“Recebemos visitas de foliões de vários lugares do Estado, além da Bolívia e Peru. Tem gente de Rondônia e o comercio de forma geral, foi aquecido neste final de semana. O Carnavale provou que é um dos maiores eventos do Acre e o povo estava com saudades. O encerramento neste domingo, dia 3, quando Brasiléia completa 112 anos, começará na tarde com o bloco Rolinhas do Coronel e vocês estão convidados”, disse a prefeita Fernanda Hassem.

Em tempo, o bloco Rolinhas do Coronel é um dos mais antigos do Acre, com mais de 20 anos de fundação. Sua participação se dá sempre no carnaval de fevereiro e estava sem ir para a rua, desde 2020, devido a pandemia.

Neste ano, excepcionalmente, participará do carnaval fora de época terá os homens vestidos de mulher e vice-versa, além dos que aproveitam para mostrar suas fantasias na data especial.

Neste domingo, dia 3, quando Brasiléia completa seus 112 anos de emancipação política, as atrações ficam para bandas convidadas e locais, onde se espera um público um pouco menor, mas que leva muita alegria para quem participa.

Bloco Rolinhas do Coronel será uma das atrações na tarde deste domingo, dia 3, com concentração na parte alta da cidade – Foto: Alexandre Lima/Arquivo

Um dos destaques, fica para a organização da empresa Bial Som, que disponibilizou uma grande estrutura de equipamentos, digna de grandes shows e não deixou a desejar. Os eventos realizados em todos o Estado mostra que o brasileiro está se cuidando um pouco e está procurando se divertir.

O evento realizado em Brasiléia contou com o apoio do governo do Acre, que reforçou a segurança, além do apoio das forças de segurança federal. Somente na manhã desta segunda-feira, dia 4, será disponibilizado um relatório de todos o evento.

Comentários

Continue lendo

Em alta