Vereador Rubens, do PRP de Epitaciolândia - Foto: Divulgação Câmara
Vereador Rubens, do PRP de Epitaciolândia – Foto: Divulgação Câmara

Alexandre Lima, da redação

O vereador do Partido Republicado Progressista (PRP) pela cidade de Epitaciolândia, poderá ser preso a qualquer momento após sua condenação ser publicada no sitio do Tribunal de Justiça, sob o número 0001213-40.2014.8.01.0004, onde teve seu processo transitado e julgado.

O caso foi julgado na Lei 11.340 (Lei Maria da Penha), não cabe mais recurso e o atual vereador Rubenslei Rodrigues de Lima (Rubens), foi condenado por violência doméstica contra M. A. da S. O caso foi registrado na delegacia de Epitaciolândia no final de 2014.

Após quase um ano em tramitação, o processo que foi julgado por um juiz criminal na Comarca de Epitaciolândia. O réu foi julgado e considerado culpado, por volta das 15h30 desta quarta-feira, dia 15.

Rubenslei foi eleito em 2012 com 285 votos pelo Partido Republicano Progressista – PRP, na coligação Aliança de Mudança para Epitaciolândia 2. Com a decisão pronunciada, o vereador poderá perder o cargo, abrindo vaga para seu suplente.

O jornal oaltoacre.com, tentou entrar em contato com o vereador para saber sua versão em relação ao caso, pelo número de seu celular (68) 9977-**88, mas não foi possível o contato.

Comentários